Comissão do Congresso aprova aumento do FEX para Estados | Gazeta Digital

Terça, 15 de maio de 2018, 16h16

a partir de 2019

Comissão do Congresso aprova aumento do FEX para Estados

Ademar Andreola, repórter Sefaz


A Comissão Mista Especial da Câmara e Senado aprovou nesta terça-feira (15) relatório que apresenta projeto de lei complementar propondo alterações na Lei Kandir e aumentando o valor do Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX), bem como o pagamento antecipado aos Estados. A articulação do secretário de Fazenda de Mato Grosso, Rogério Gallo, juntamente com outros secretários estaduais, garantiu a aprovação do relatório preparado pelo senador Wellington Fagundes (PR-MT), presidente da Comissão Mista Especial do Congresso Nacional.

Assessoria

Por sugestão do secretário Rogério Gallo, foi aprovado o FEX impositivo também para 2018, no valor de R$ 1.950 bilhão para todos os Estados, a partir de 30 dias da aprovação da lei. Agora o projeto de lei complementar vai para o plenário da Câmara e depois do Senado.

“Considero o primeiro passo de uma vitória dos Estados, tornando obrigatório o FEX já a partir de 2018. Agora tem que ser aprovado diretamente pelos plenários da Câmara e do Senado. Vamos trabalhar junto às bancadas para que o projeto seja aprovado antes do recesso de julho”, afirmou otimista o secretário Rogério Gallo.

Como a aprovação pelo Congresso é dada como quase certa, caberá uma articulação junto ao presidente Michel Temer para não vetar o projeto, que recebe resistência da Secretaria do Tesouro Nacional. Nesse sentido, o governador Pedro Taques já está articulando um encontro de governadores interessados nas mudanças da Lei Kandir para irem ao encontro do presidente Michel Temer. Eles vão pedir para que o presidente sancione o projeto, preferencialmente sem vetos.

Um dos pontos principais aprovados no de projeto de lei complementar é o aumento para R$ 39 bilhões anuais o valor dos repasses do FEX da União aos Estados. Atualmente o valor anual está fixado em 3 bilhões e 900 milhões de reais, distribuídos entre os 27 Estados. “Se passar o projeto na Câmara e Senado, o que acreditamos venha ocorrer, Mato Grosso ficará com 6,052 bilhões de reais por ano. Receberemos 500 milhões por mês”, explica o secretário de Fazenda.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 12 de março de 2018

15:30 - Meirelles diz que governo vai analisar pagamento adiantado do FEX

Quarta, 27 de dezembro de 2017

00:05 - FEX na conta, governo inicia pagamentos

Quinta, 21 de dezembro de 2017

18:04 - Temer sanciona FEX e Estado vai receber quase R$ 500 milhões

Quarta, 20 de dezembro de 2017

15:20 - A luta acabou. Agora é a vez da matemática

12:27 - Temer sanciona pagamento do FEX nesta quinta-feira

Terça, 19 de dezembro de 2017

19:24 - Temer confirma sanção do FEX e garante pagamento de quase R$ 500 milhões a MT

Quarta, 13 de dezembro de 2017

17:51 - Senado aprova FEX e MT deve receber R$ 496 milhões da União

Quarta, 06 de dezembro de 2017

19:35 - Câmara aprova FEX e Mato Grosso receberá R$ 496 milhões

Terça, 05 de dezembro de 2017

17:25 - Rodrigo Maia garante que liberação do FEX será votada nesta quarta-feira

15:57 - Deputado garante que FEX será votado nesta 4ª


// leia também

Terça, 22 de maio de 2018

18:17 - Câmara cassa vereador acusado por sexo com menor e dinheiro falso

07:30 - Sindicato de servidores quer defender RGA e organiza protesto no TCE

Segunda, 21 de maio de 2018

18:46 - Prefeitura de Cuiabá paga reajuste de 1,69% aos servidores

11:52 - Controladoria faz auditoria em gestão financeira e contábil do Estado

11:14 - Progressista descarta aliança e declara oposição a Taques

Domingo, 20 de maio de 2018

15:00 - Jayme rompe com Taques, fala em 'estelionato' e quer Mendes para governo

08:30 - Governador vai exigir que hospitais comprovem prestação de serviços

08:00 - PSD vai punir 'desobedientes' que apoiarem Taques, afirma Neurilan Fraga

Sábado, 19 de maio de 2018

15:13 - Democracia Cristã lança pré-candidatura de Roberto Barra ao Senado

08:35 - Não vou discutir o passado, diz senador ao rebater Pedro Taques


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 23/05/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 23/05/2018
C00a5c77f5135796e2f638a16979bea8 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Alta no preço dos combustíveis vem pesando no bolso do brasileiros




Logo_classifacil









Loja Virtual