Em carta de demissão, secretária lamenta crise e brigas na Saúde | Gazeta Digital

Terça, 13 de março de 2018, 16h30

Política de MT

Em carta de demissão, secretária lamenta crise e brigas na Saúde

Karine Miranda, repórter do GD


Em uma carta em que coloca o seu cargo à disposição, a Secretaria de Saúde de Cuiabá, Elizeth Araújo, fez um desabafo sobre a situação do setor e apontou o contingenciamento, agravado pela crise financeira, e os conflitos internos na secretaria, como motivos para sua saída. Veja a carta no final da matéria.

Chico Ferreira

Secretária lamenta crise e brigas na Saúde

Além dela, outros 13 servidores assinam a carta datada de 9 de março. No documento endereçado ao prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, a secretária aponta que existem diversos fatores que impactam o desenvolvimento do trabalho na Saúde, sendo a falta de recursos financeiros o principal deles.

Leia mais - Em meio à crise, Elizeth Araújo deixa secretaria de Saúde de Cuiabá

Ela afirma que a crise vivenciada é a mais acentuada dos últimos 10 anos e cita que o contingenciamento determinado pelo prefeito nos últimos 14 meses tem afetado o trabalho na pasta.

Segundo ela, a falta de recursos impede não só as ações, como a contratação de profissionais técnicos “mais qualificados” para atuar na secretaria. “Convém esclarecer que o orçamento contingenciado tem nos impedido de operacionalizar as ações administrativas de forma célere, como exige uma Secretaria de Saúde, em que cada segundo é decisivo para salvar vidas”, disse.

A falta de comprometimento dos servidores também tem atrapalhado o andamento do trabalho, segundo a secretária. Ela cita como exemplo o conflito vivido com o secretário-adjunto de Assistência a Saúde, o médico Milton Corrêa da Costa. Diz que foram 14 meses  tentando “buscar um entendimento harmonioso” com o adjunto para que ele se comprometesse com a gestão, sendo os últimos 30 dias a pedido do próprio prefeito, sem sucesso.

Luiz Alves

Milton Corrêa da Costa e secretária Elizeth

“Nos manifestamos que após diversas tratativas ao longo deste período em busca de comprometimento, parceria e envolvimento com o Programa de Governo Emanuel Pinheiro, por parte do mesmo, entendemos que não será possível sustentar esta situação”, afirmou.

A secretária diz ainda que está preocupada “com todo o reflexo que esta situação está causando à gestão como um todo”, mas afirma que respeita a escolha dos nomes à frente da administração de Emanuel e, por isso, coloca seu cargo à disposição.

Elizeth deixa o cargo em meio à crise da falta de medicamentos e insumos básicos nas unidades de saúde, bem como a superlotação no Pronto-Socorro da Capital. Pelos menos 249 tipos de medicamentos estão em falta na rede pública. Para sanar o problema, a secretária lançou um contrato emergencial no valor de R$ 30 milhões e um pregão de R$ 130 milhões, que ainda está em andamento.

Leia mais - Saúde fará contrato de R$ 30 milhões para compra de medicamentos

Apesar do pedido de exoneração, o prefeito Emanuel Pinheiro ainda não se manifestou quanto à saída da secretária. Porém, nos bastidores o nome cotado para assumir a chefia é o do médico Huark Douglas Correia, que atualmente está vinculado no Hospital São Benedito.

Veja o documento:

Reprodução
Reprodução
Reprodução

 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Quarta, 20 de junho de 2018

18:15 - Projeto quer diminuir número de vereadores na Câmara de Várzea Grande

17:00 - Taques debocha de Silval Barbosa ao apontar 'avião símbolo de quadrilha'

16:38 - Medeiros aciona Ministério Público para barrar cobrança de pedágio na BR-163

07:15 - Wellington Fagundes critica Taques e diz que ele só continuou programas de Silval

Terça, 19 de junho de 2018

17:09 - Wellington diz que não veta ninguém para secretariado e que 'sabe perdoar'

17:00 - Taques diz que ex-aliados queriam fazer dele um fantoche

13:00 - Mauro Mendes e Otaviano Pivetta terão Antero como marqueteiro em 2018

09:45 - Taques diz que Mauro Mendes não tem moral e 'comunga' com roubalheira

09:06 - Governador afirma que equipamentos do Pronto Socorro já estão sendo negociados

06:55 - Parecer do TCE é pela aprovação das contas de Pedro Taques


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 20/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 20/06/2018
845f3eba647f5498546cb197c3e58484 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual o futuro de Neymar nessa Copa do Mundo?




Logo_classifacil









Loja Virtual