Mendes diz que 'sumiu' para cuidar da empresa em recuperação e da família | Gazeta Digital

Quarta, 14 de fevereiro de 2018, 10h00

fora da política

Mendes diz que 'sumiu' para cuidar da empresa em recuperação e da família

Celly Silva, repórter do GD


Empresário, pai e marido, Mauro Mendes (PSB) afirma que antes de pensar em política, terá que organizar suas empresas em recuperação judicial e contar com apoio da família, citando que ao olhar de fora, muita gente pensa somente no lado positivo de ser político. "Só veem os louros, né!", alfineta. 

Chico Ferreira/A Gazeta

Mauro Mendes e a esposa, Virgínia

Com uma recuperação judicial da empresa Bimetal em andamento, Mendes afirma que precisa resolver este problema antes de pensar em outro objetivo. “Pra mim vir ajudar Mato Grosso, eu tenho que estar com a minha casa em ordem, eu não posso vir aqui e ter problemas lá. Eu estou resolvendo meus problemas”, afirmou.

Ele explicou que, atualmente, a Bimetal está “bem melhor” do que quando a deixou de lado para se dedicar à Prefeitura de Cuiabá. “Trabalhei muito, grudei, foquei. Eu estava focando trabalhando, foi o que eu fiz ano passado. Quase ninguém me viu ano passado. Foi um ano bom pra nossas empresas, ampliamos nossos mercados, estamos em dia com o plano que foi aprovado pelos credores”, relatou.

Leia também - Mauro Mendes diz que decidirá até maio se será candidato ao governo

Influência da esposa

Ao falar de suas empresas e de política, Mauro ainda saiu em defesa da esposa Virgínia Mendes, a quem muitos atribuem o fato dele não ter sido candidato à reeleição da Prefeitura de Cuiabá, em 2016, para retornar aos negócios da família. “Ela é uma mulher forte, de personalidade, estamos com 23 anos de casado e eu digo pras pessoas: Pera lá, ela não manda em mim, eu não mando nela! Nós somos um casal e uma decisão dessa eu vou tomar sim ouvindo a minha esposa”, asseverou.

Reprodução/Facebook

Ex-prefeito Mauro Mendes com a esposa e filhos

O ex-prefeito ainda completou dizendo que “o político que não preza sua família, que não respeita sua família vai respeitar o cidadão, respeitar as outras pessoas?! A Virgínia sempre foi minha parceira e eu tenho certeza que ela será minha parceira em qualquer decisão que nós tomarmos em relação à política em 2018”.

Ainda falando em família, Mendes lembrou da experiência que teve enquanto pai quando era prefeito e destacou que isso irá pesar em sua decisão de retorno ou não à vida pública.

"Quando eu era prefeito de Cuiabá, nós tivemos uma filha, que hoje está com 3 anos de idade. Eu passava aqui em Cuiabá todos os dias da semana e ficava 3 dias, 4 dias sem ver a minha filha porque eu saía cedo de casa e ela estava dormindo, às vezes não ia almoçar em casa porque tinha compromisso. Chegava nove, dez horas da noite em casa e ela estava dormindo. Eu via minha filha olhando ela no bercinho. Isso aconteceu muitas e muitas vezes, então, não é uma decisão fácil!”, justificou.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quarta, 11 de julho de 2018

16:05 - Mendes nega fraude em leilão e diz que processos não atrapalham campanha - veja vídeos

14:25 - Mendes vai recorrer contra anulação de leilão de mineradora

13:00 - Juiz interroga Mauro Mendes sobre fraude em leilão de mineradora

10:43 - Justiça anula leilão de mineradora adquirida por Mauro Mendes

Quinta, 05 de julho de 2018

19:42 - Mauro Mendes decide marcar território

Quarta, 27 de junho de 2018

17:00 - Juiz penhora bens de Mauro Mendes por dívida com posto de combustível

Segunda, 04 de junho de 2018

09:52 - Juiz nega sindicância para apurar vazamentos em processo contra Mauro Mendes

Segunda, 30 de abril de 2018

09:24 - Juíza processada em ação com Mendes garante bloqueio de R$ 300 mil

Sexta, 20 de abril de 2018

08:31 - Mauro Mendes sofre bloqueio de R$ 300 mil em ação por fraude em leilão

Quinta, 08 de fevereiro de 2018

12:16 - Ex-prefeito Mauro Mendes detona gestão de Pedro Taques


// leia também

Quarta, 18 de julho de 2018

15:41 - PSL veta PSDB e mais 8 siglas dificultando candidaturas de Selma e Galli - veja documento

13:55 - Disputado por todos, Adilton Sachetti diz que anunciará aliança na 2ª

09:35 - 'É o caminho natural', diz Galli sobre aliança com o governador Pedro Taques

07:48 - União de partidos considerados nanicos caminha para ruptura

07:36 - Wellington Fagundes mantém candidatura de oposição

07:15 - Já tem político tentando me calar, afirma Taques

Terça, 17 de julho de 2018

16:20 - Taques diz que ex-aliados já o conheciam e terão que explicar rompimento

13:55 - Zé do Pátio assume coordenação da campanha de Pedro Taques

10:00 - MDB fecha com Mauro e 'culpa' Wellington Fagundes por mudança de palanque

09:16 - Ninguém consegue enganar tanta gente por muito tempo, diz Pivetta sobre governador


 veja mais
Cuiabá, Quinta, 19/07/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quinta, 19/07/2018
A631713a5a0b92ecb883d723ff64c66b anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual sua opinião sobre o recesso dos parlamentares no mês de julho?




Logo_classifacil









Loja Virtual