Comissão de Ética decide se investiga deputados delatados por Silval | Gazeta Digital

Quarta, 29 de novembro de 2017, 11h53

na próxima semana

Comissão de Ética decide se investiga deputados delatados por Silval

Janaiara Soares, repórter do GD


Marcos Lopes/AL

Saturnino Masson é o corregedor da Comissão de Ética da Assembleia Legislativa de Mato Grosso

O deputado estadual Saturnino Masson (PSDB) que é corregedor da Comissão de Ética da Assembleia Legislativa de Mato Grosso afirmou que até a próxima semana deve apresentar um posicionamento sobre o pedido de investigação contra os deputados que foram delatados pelo ex-governador Silval Barbosa (PMDB).

De acordo com informações obtidas pela reportagem, o pedido feito pelo Movimento Organizado pela Moralidade Pública e Cidadania (ONG Moral) pode não ser aceito, tendo em vista que o pedido tem que ser feito por uma pessoa física e não instituição.

"Estamos avaliando e estudando o pedido. Ainda não sabemos se vai ser aceito e a procuradoria da Casa está fazendo a análise da legalidade desse requerimento", disse Masson.

Na operação, deflagrada em setembro, após a delação premiada do ex-governador a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão nos gabinetes de 8 deputados delatados por Silval sob acusação de recebimento de propina durante sua gestão. Foram levados computadores e documentos dos gabinetes da Assembleia Legislativa. Barbosa citou 15 dos 24 atuais parlamentares.

Os deputados Pedro Satélite (PSDB), Sebastião Rezende (PSC), Mauro Savi (PSB), Gilmar Fabris (PSD), Romoaldo Junior (PMDB), Guilherme Maluf (PSDB), Baiano Filho (PSDB), Dilmar Dal’Bosco (DEM) e José Domingos Fraga (PSD) aparecem na lista dos beneficiados com a propina que era destinada para não investigar a atuação do governador. O deputado estadual Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD) é acusado de negociar propina para conseguir a concessão da rodovia estadual MT- 130 que hoje é pedagiada.

Os deputados Wagner Ramos (PSD), Silvano Amaral (PMDB) e Oscar Bezerra (PSB) são citados cobrando propina para aprovar as contas do último ano de gestão de Silval e também de pedir dinheiro para não envolver o ex-governador na investigação feita pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Obras da Copa. Daltinho (SD) aparece como chantagista na delação.

De acordo com a declaração, o parlamentar que era suplente na época, teria gravado os colegas falando sobre o recebimento do mensalinho e depois coagido os outros deputados para que ele permanecesse no cargo. Botelho por sua vez é acusado de receber vantagem indevida paga pela empresa FDL, que prestava serviços de gravames de veí- culos ao Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran/MT).

A Comissão deve investigar principalmente os deputados que foram alvos da Operação e tiveram suas propriedades e gabinetes vistoriados. Mas o presidente da Comissão, deputado Leonardo Albuquerque (PSD) disse que o pedido tem como alvo os 15 parlamentares que tem mandato nesta legislatura.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quinta, 18 de janeiro de 2018

19:32 - Após prisões e processos, Silval 'ajudará' acabar com corrupção endêmica - veja vídeo

15:50 - Silval Barbosa evita receber visitas por medo de pessoas de 'má-fé'

07:30 - Silval Barbosa afirma não sentir culpa pelo atraso do VLT

Segunda, 15 de janeiro de 2018

14:30 - Silval Barbosa diz que se arrepende e está se retratando

Sexta, 12 de janeiro de 2018

11:42 - MPE apura esquema entre Silval Barbosa e a Petrobras

Terça, 26 de dezembro de 2017

21:01 - Entra e sai gravado em vídeo é destaque

Segunda, 18 de dezembro de 2017

09:44 - Maggi e Emanuel lideram impacto negativo

Domingo, 17 de dezembro de 2017

12:11 - Gilmar Mendes e Silval devem ser investigados

Quarta, 13 de dezembro de 2017

14:33 - Naco investiga Mauro Savi por suposta corrupção no Detran

Segunda, 11 de dezembro de 2017

08:25 - Emanuel pede que Fux reconsidere decisão


// leia também

Sexta, 19 de janeiro de 2018

16:20 - Marrafon diz que conversa com Percival sobre filiação no PPS

12:06 - Prefeito sanciona 13º de vereadores

11:03 - 'É preciso transparência', diz líder do governo sobre CPI do Fundeb e Fethab

10:10 - Wilson será investigado após áudio de Jajah sobre verba indenizatória

08:27 - Gallo assume Sefaz e prepara cronograma de pagamentos

Quinta, 18 de janeiro de 2018

12:04 - TRE prorroga revisão do eleitorado para 30 de março em Cuiabá, VG e Sinop

11:29 - Aliança não é eterna, diz Fábio Garcia sobre apoio a Taques

11:09 - Pedro Taques diz estar tranquilo sobre CPI dos Fundos para investigar governo

11:00 - Governador empossa novos titulares da Secretaria de Fazenda e PGE

Quarta, 17 de janeiro de 2018

19:30 - Pedro Taques avisa que Estado não vai liberar recursos para Carnaval


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 19/01/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 19/01/2018
B4342464d885d68375f74fddbcec4a71 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

A Prefeitura de Cuiabá voltará a aplicar multas por videomonitoramento. Qual é a sua opinião sobre isso?




Logo_classifacil









Loja Virtual