PMDB e PSDB de MT se esquivam; PT diz que já sabia | Gazeta Digital

Quinta, 18 de maio de 2017, 08h28

LAVA JATO

PMDB e PSDB de MT se esquivam; PT diz que já sabia

Keka Werneck, repórter do GD


A Gazeta

Bezerra e Leitão lideram PMDB e PSDB no Estado. Ságuas é deputado petista

O deputado federal Carlos Bezerra, presidente do PMDB em Mato Grosso, atendeu a uma ligação do Gazeta Digital, no início da manhã desta quinta-feira (18), por volta das 7h40, alegando estar dentro do avião, embarcando para Brasília, onde vai acompanhar de perto o desenrolar das denúncias que começaram a repercutir ontem envolvendo o presidente peemedebista Michel Temer.

"Estou embarcando, não posso falar agora", resumiu o deputado, desligando o celular.

Denúncia envolvendo Temer e o senador tucano Aécio Neves está atraindo líderes partidários à Brasília, onde o dia será "quente".

O presidente do PSDB no Estado, Nilson Leitão, não atendeu o celular. Os tucanos ainda não comentaram sobre os mandados de busca e apreensão na casa e gabinete do senador Aécio Neves, um dos líderes da sigla e ícone do discurso anti-corrupção que movimentou as ruas do país pelo impeachment da ex-presidente petista Dilma Roussef.

Na delação de Joesley Batista, ele apresentou gravação de conversa em que Aécio aparece pedindo R$ 2 milhões em propina, a serem entregues a um primo.

O Supremo Tribunal Federal (STF), diante da denúncia, determinou o afastamento do senador Aécio e deve analisar o pedido de prisão contra o tucano feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Já o deputado federal petista, Ságuas de Moraes, atendeu ao Gazeta Digital, no início desta manhã, e comentou, de Brasília, sobre os ânimos na sessão de ontem na Câmara Federal. Ele e outros parlamentares de oposição ao Temer fizeram um protesto no plenário erguendo um cartaz com os dizeres: "Eu já sabia".

"Estava falando bem na hora em que chegou a bomba ao plenário", relata.

Segundo Ságuas, o protesto "eu já sabia" se refere aos áudios com falas do ministro do Planejamento, senador licenciado Romero Jucá, em que ele fomentava pacto para deter avanço da Operação Lava Jato. Isso em maio de 2016.

"Tem que resolver essa porra. Tem que mudar o governo para estancar essa sangria", disse Jucá, que, após o vazamento, negou fazer qualquer coisa para obstruir o andamento das investigações da Lava Jato.

O plenário do Senado aprovou dia 31 de agosto do ano passado, por 61 votos favoráveis e 20 contrários, o impeachment de Rousseff.


 



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sábado, 27 de maio de 2017

14:33 - Ato com máscaras em Copacabana pede fim da corrupção e reforma política

Sexta, 26 de maio de 2017

12:03 - Saguas 'censura' repressão e Forças Armadas

08:42 - Com crise na JBS, governo estuda incentivos para pequenos frigoríficos

Quinta, 25 de maio de 2017

15:12 - OAB chama Joesley e Janot como testemunhas em impeachment de Temer

15:08 - OAB protocola pedido de impeachment de Temer

11:09 - Fora Temer e Diretas Já ganham força nas redes sociais

11:08 - Esquerda quer frente ampla por eleições direitas

11:07 - Na avaliação da base aliada, segundo trimestre está perdido

11:05 - Servidora que seria babá de Michelzinho é nomeada em novo cargo na Presidência

11:03 - Temer sanciona Lei de Migração com vetos


// leia também

Domingo, 28 de maio de 2017

13:14 - Galli avalia que 'não tem clima' para reformas

13:09 - Vereador quer proibir professores de expor posição política na sala de aula

Sábado, 27 de maio de 2017

11:59 - Governo paga em 3 dias R$ 67 milhões para a saúde

11:00 - Poderes dão sinal positivo para uso do Fethab na saúde

10:30 - Governo retirou recurso de salários para quitar repasse da saúde

09:49 - Propina na Arena Pantanal denunciada por Eder é investigada

Sexta, 26 de maio de 2017

19:15 - Prefeitura paga salários dos servidores no próximo dia 30

16:55 - Galli diz que não tinha conhecimento de doação da JBS

15:55 - Deputado acusa médico e diz que vai denunciar ao MP

14:11 - Governo propõe RGA em 3 vezes e sindicalistas cogitam greve


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 28/05/2017
 

GD Empregos

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Domingo, 28/05/2017
745201164383996eb0a29412c52e67f4 anteriores




Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Você concorda com a ideia de Escola Sem Partido, que prega ensino político totalmente neutro aos alunos?



Logo_classifacil









Loja Virtual