Secretaria de Fazenda de MT comprou aparelho de grampo telefônico | Gazeta Digital

Quinta, 18 de maio de 2017, 00h15

política de MT

Secretaria de Fazenda de MT comprou aparelho de grampo telefônico

Gláucio Nogueira, repórter de A Gazeta


A Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) adquiriu, em 2010, a licença para a operação, por 12 meses, do Sistema Guardião, utilizado para o armazenamento e o monitoramento de interceptações telefônicas. O acordo foi registrado no contrato 035/2010, assinado pelo então secretário Edmilson José dos Santos e por representantes da Dígitro Tecnologia, empresa responsável pela comercialização e instalação do sistema, utilizado por diversos órgãos de investigação do Brasil.

João Vieira

Contrato é claro na referência ao sistema Guardião

Pelos 12 meses de implantação do sistema, a Sefaz gastou R$ 43 mil, recursos que saíram do Fundo de Gestão Fazendária (Fungefaz), conforme análise dos empenhos realizados em favor da empresa por meio do sistema Fiplan. Por este montante, foram adquiridos cinco fones auriculares duplos, cinco licenças de posição de “agente-express”, além da instalação do sistema e testes funcionais.

O contrato é claro em sua cláusula primeira, quando aponta o objeto do acordo. “Contratação de serviço de licenciamento, instalação e suporte na solução do Software Guardião, fornecido por empresa especializada, por um período de 12 (doze) meses”.

Aprofundando a pesquisa no Fiplan até o ano de 2009, esta foi a única vez em que a Dígitro foi paga com recursos que não da Secretaria de Estado de Segurança Pùblica (Sesp) ou da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ). Os dois órgãos possuem legitimidade para adquirir e operar o sistema, que de acordo com a própria empresa, só pode ser comercializado “às autoridades com poder de polícia, de acordo com a Lei 9296.96”.

Ainda segundo a Dígitro, o Guardião dispõe de diversas funcionalidades que facilitam o processo de investigação.Os dados interceptados pelas operadoras de telefonia e pelos provedores de acesso à internet são armazenados pelo sistema, possibilitando o cruzamento de informações para a elaboração de relatórios de inteligência. “É importante destacar que o Guardião não realiza interceptações, já que apenas recebe e armazena dados e gravações. Essa solução só pode ser instalada nos servidores de agentes públicos com poder de investigação e aptos a operá-la”.

O contrato de aquisição do sistema celebrado pela Sefaz não significa que a pasta tenha operado o Guardião, uma vez que não deixa claro onde o sistema foi instalado. Por meio de nota, a Sefaz confirmou a contratação da empresa Dígitro para o fornecimento do sistema Guardião. “Conforme consta no Termo de Referência, que faz parte do processo de contratação, o sistema foi adquirido e repassado à Delegacia Fazendária (Defaz), órgão vinculado à Secretaria de Segurança Pública, como forma de cooperação, já que a delegacia investiga crimes contra a ordem tributária”, explicou a pasta no documento.
 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quarta, 22 de novembro de 2017

11:55 - Ministro abre brecha em decisão e autoriza major a ir na PM

Terça, 21 de novembro de 2017

17:14 - Taques vai a Brasília em busca de R$ 144 milhões

16:55 - Comitiva debater ampliação da malha ferroviária em MT

16:52 - Max e Wilson deixam cargos no governo e reassumem mandatos na AL

10:01 - Governador fala em pagar restante dos servidores ainda nesta terça-feira

Sexta, 17 de novembro de 2017

16:11 - Governo cancela reunião e sindicalistas sinalizam greve geral

12:05 - TJ manda Estado incorporar perdas da URV aos salários de investigadores

Terça, 14 de novembro de 2017

15:17 - Governo paga servidores que recebem até R$ 14,1 mil brutos nesta terça-feira

Segunda, 13 de novembro de 2017

12:45 - Fávaro publica decreto que corta 30% nos gastos e veta concursos

Domingo, 12 de novembro de 2017

13:04 - Importadores chineses conhecem a qualidade da carne mato-grossense


// leia também

Quarta, 22 de novembro de 2017

18:10 - Estado invalida progressão de Pedro Henry após notificação do MP

16:55 - CPI do Paletó não dará em nada e vereadores passarão vergonha, diz Renivaldo

16:03 - Senado deve votar a liberação de recursos do FEX para MT

12:20 - Com 18 votos, deputados aprovam PEC do Teto para congelar gastos e salários

10:57 - 'Iremos aonde o Oscar for', diz Luciane Bezerra sobre saída do PSB

Terça, 21 de novembro de 2017

18:04 - Membros da CPI do Paletó se reúnem para definir agenda de trabalho

17:42 - PF apreende armas, munições e pasta 'bomba' com conselheiro do TCE

16:55 - Fabris diz que cobrava de Silval pagamento de mansão em Jurerê Internacional

11:28 - Notícia de multa de R$ 150 para quem não atualizar dados é falsa, alerta TRE

10:36 - Taques não acredita em candidatura de Mauro Mendes ao governo


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 22/11/2017
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 22/11/2017
9c0f48bde8780cd049ec89c5bbaeba93 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Nesta sexta-feira tem mais uma edição da Black Friday




Logo_classifacil









Loja Virtual