Secretaria de Fazenda de MT comprou aparelho de grampo telefônico | Gazeta Digital

Quinta, 18 de maio de 2017, 00h15

política de MT

Secretaria de Fazenda de MT comprou aparelho de grampo telefônico

Gláucio Nogueira, repórter de A Gazeta


A Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) adquiriu, em 2010, a licença para a operação, por 12 meses, do Sistema Guardião, utilizado para o armazenamento e o monitoramento de interceptações telefônicas. O acordo foi registrado no contrato 035/2010, assinado pelo então secretário Edmilson José dos Santos e por representantes da Dígitro Tecnologia, empresa responsável pela comercialização e instalação do sistema, utilizado por diversos órgãos de investigação do Brasil.

João Vieira

Contrato é claro na referência ao sistema Guardião

Pelos 12 meses de implantação do sistema, a Sefaz gastou R$ 43 mil, recursos que saíram do Fundo de Gestão Fazendária (Fungefaz), conforme análise dos empenhos realizados em favor da empresa por meio do sistema Fiplan. Por este montante, foram adquiridos cinco fones auriculares duplos, cinco licenças de posição de “agente-express”, além da instalação do sistema e testes funcionais.

O contrato é claro em sua cláusula primeira, quando aponta o objeto do acordo. “Contratação de serviço de licenciamento, instalação e suporte na solução do Software Guardião, fornecido por empresa especializada, por um período de 12 (doze) meses”.

Aprofundando a pesquisa no Fiplan até o ano de 2009, esta foi a única vez em que a Dígitro foi paga com recursos que não da Secretaria de Estado de Segurança Pùblica (Sesp) ou da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ). Os dois órgãos possuem legitimidade para adquirir e operar o sistema, que de acordo com a própria empresa, só pode ser comercializado “às autoridades com poder de polícia, de acordo com a Lei 9296.96”.

Ainda segundo a Dígitro, o Guardião dispõe de diversas funcionalidades que facilitam o processo de investigação.Os dados interceptados pelas operadoras de telefonia e pelos provedores de acesso à internet são armazenados pelo sistema, possibilitando o cruzamento de informações para a elaboração de relatórios de inteligência. “É importante destacar que o Guardião não realiza interceptações, já que apenas recebe e armazena dados e gravações. Essa solução só pode ser instalada nos servidores de agentes públicos com poder de investigação e aptos a operá-la”.

O contrato de aquisição do sistema celebrado pela Sefaz não significa que a pasta tenha operado o Guardião, uma vez que não deixa claro onde o sistema foi instalado. Por meio de nota, a Sefaz confirmou a contratação da empresa Dígitro para o fornecimento do sistema Guardião. “Conforme consta no Termo de Referência, que faz parte do processo de contratação, o sistema foi adquirido e repassado à Delegacia Fazendária (Defaz), órgão vinculado à Secretaria de Segurança Pública, como forma de cooperação, já que a delegacia investiga crimes contra a ordem tributária”, explicou a pasta no documento.
 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quarta, 20 de junho de 2018

17:00 - Taques debocha de Silval Barbosa ao apontar 'avião símbolo de quadrilha'

13:35 - Governador diz confiar no Judiciário e não comenta prisão de Paulo Taques

Terça, 19 de junho de 2018

17:47 - Grupo internacional deve investir R$ 18 milhões em Mato Grosso

Sexta, 15 de junho de 2018

13:14 - Governo destinará 20% do Fundo da Saúde aos hospitais filantrópicos

12:26 - Ciro Rodolpho deixa Controladoria e assume a Casa Civil

Quinta, 14 de junho de 2018

18:35 - Júlio Modesto pede demissão da Casa Civil

Quarta, 13 de junho de 2018

15:12 - TJ nega suspeição e deixa coronéis julgar ação dos grampos contra PMs

Terça, 12 de junho de 2018

16:10 - Duplicação de trecho urbano da Estrada da Chapada entra na reta final

Sexta, 08 de junho de 2018

13:10 - Governo de MT antecipa e paga todos os servidores nesta sexta-feira

13:05 - Mauro Savi é ouvido como testemunha em inquérito da 'grampolândia pantaneira'


// leia também

Quarta, 20 de junho de 2018

18:15 - Projeto quer diminuir número de vereadores na Câmara de Várzea Grande

16:38 - Medeiros aciona Ministério Público para barrar cobrança de pedágio na BR-163

07:15 - Wellington Fagundes critica Taques e diz que ele só continuou programas de Silval

Terça, 19 de junho de 2018

17:09 - Wellington diz que não veta ninguém para secretariado e que 'sabe perdoar'

17:00 - Taques diz que ex-aliados queriam fazer dele um fantoche

13:00 - Mauro Mendes e Otaviano Pivetta terão Antero como marqueteiro em 2018

09:45 - Taques diz que Mauro Mendes não tem moral e 'comunga' com roubalheira

09:06 - Governador afirma que equipamentos do Pronto Socorro já estão sendo negociados

06:55 - Parecer do TCE é pela aprovação das contas de Pedro Taques

Segunda, 18 de junho de 2018

18:12 - Auditor de carreira assume a Controladoria Geral do Estado


 veja mais
Cuiabá, Quinta, 21/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Quinta, 21/06/2018
993364e9a9f5ce444d02868cc0a18565 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual o futuro de Neymar nessa Copa do Mundo?




Logo_classifacil









Loja Virtual