PT cobra imparcialidade na investigação dos grampos | Gazeta Digital

Terça, 16 de maio de 2017, 17h53

?Ninguém esta acima da lei?

PT cobra imparcialidade na investigação dos grampos

Karine Miranda, repórter do GD


A Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) cobrou rigor e imparcialidade na investigação do suposto esquema de interceptações telefônicas ilegais feitas pela Polícia Militar de Mato Grosso, a mando de membros do primeiro escalão do governo Pedro Taques (PSDB).

Em nota enviada à imprensa, o partido destacou que “ninguém está acima da lei” e que as autoridades responsáveis devem ter “a maior imparcialidade e rigor nas investigações” do esquema.


PT cobra imparcialidade na investigação dos grampos

Conforme denúncias, ao menos 120 pessoas foram grampeadas, entre eles jornalistas, assessores parlamentares da AL e até a deputada Janaina Riva (PMDB). O caso só veio à tona após uma matéria do Fantástico, da Rede Globo, onde promotor Mauro Zaque aparece denunciando todo o esquema.

A nota do PT destaca ainda a necessidade das autoridades tornarem público todo o andamento da investigação e “os integrantes dessa Organização Criminosa” para esclarecer a “quem interessa grampear adversários políticos”, diz.

Além disso, aponta que o caso “não pode ser minimizado por nenhuma autoridade competente”, visto que toda a denuncia partiu de um promotor de Justiça, Mauro Zaque, que na época exercia o cargo de secretário de Estado de Segurança Pública. “Portanto, é fundamental que a presente denúncia seja rigorosamente investigada”.

Até o momento, apenas a Polícia Militar instaurou um Inquérito Policial Militar para apurar as denúncias de desvio de conduta atribuído a militares na utilização do sistema 'Guardião', responsável por interceptações telefônicas.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quarta, 20 de junho de 2018

17:00 - Taques debocha de Silval Barbosa ao apontar 'avião símbolo de quadrilha'

13:35 - Governador diz confiar no Judiciário e não comenta prisão de Paulo Taques

Terça, 19 de junho de 2018

17:47 - Grupo internacional deve investir R$ 18 milhões em Mato Grosso

Sexta, 15 de junho de 2018

13:14 - Governo destinará 20% do Fundo da Saúde aos hospitais filantrópicos

12:26 - Ciro Rodolpho deixa Controladoria e assume a Casa Civil

Quinta, 14 de junho de 2018

18:35 - Júlio Modesto pede demissão da Casa Civil

Quarta, 13 de junho de 2018

15:12 - TJ nega suspeição e deixa coronéis julgar ação dos grampos contra PMs

Terça, 12 de junho de 2018

16:10 - Duplicação de trecho urbano da Estrada da Chapada entra na reta final

Sexta, 08 de junho de 2018

13:10 - Governo de MT antecipa e paga todos os servidores nesta sexta-feira

13:05 - Mauro Savi é ouvido como testemunha em inquérito da 'grampolândia pantaneira'


// leia também

Quarta, 20 de junho de 2018

18:15 - Projeto quer diminuir número de vereadores na Câmara de Várzea Grande

16:38 - Medeiros aciona Ministério Público para barrar cobrança de pedágio na BR-163

07:15 - Wellington Fagundes critica Taques e diz que ele só continuou programas de Silval

Terça, 19 de junho de 2018

17:09 - Wellington diz que não veta ninguém para secretariado e que 'sabe perdoar'

17:00 - Taques diz que ex-aliados queriam fazer dele um fantoche

13:00 - Mauro Mendes e Otaviano Pivetta terão Antero como marqueteiro em 2018

09:45 - Taques diz que Mauro Mendes não tem moral e 'comunga' com roubalheira

09:06 - Governador afirma que equipamentos do Pronto Socorro já estão sendo negociados

06:55 - Parecer do TCE é pela aprovação das contas de Pedro Taques

Segunda, 18 de junho de 2018

18:12 - Auditor de carreira assume a Controladoria Geral do Estado


 veja mais
Cuiabá, Quinta, 21/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Quinta, 21/06/2018
993364e9a9f5ce444d02868cc0a18565 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual o futuro de Neymar nessa Copa do Mundo?




Logo_classifacil









Loja Virtual