PT cobra imparcialidade na investigação dos grampos | Gazeta Digital

Terça, 16 de maio de 2017, 17h53

?Ninguém esta acima da lei?

PT cobra imparcialidade na investigação dos grampos

Karine Miranda, repórter do GD


A Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) cobrou rigor e imparcialidade na investigação do suposto esquema de interceptações telefônicas ilegais feitas pela Polícia Militar de Mato Grosso, a mando de membros do primeiro escalão do governo Pedro Taques (PSDB).

Em nota enviada à imprensa, o partido destacou que “ninguém está acima da lei” e que as autoridades responsáveis devem ter “a maior imparcialidade e rigor nas investigações” do esquema.


PT cobra imparcialidade na investigação dos grampos

Conforme denúncias, ao menos 120 pessoas foram grampeadas, entre eles jornalistas, assessores parlamentares da AL e até a deputada Janaina Riva (PMDB). O caso só veio à tona após uma matéria do Fantástico, da Rede Globo, onde promotor Mauro Zaque aparece denunciando todo o esquema.

A nota do PT destaca ainda a necessidade das autoridades tornarem público todo o andamento da investigação e “os integrantes dessa Organização Criminosa” para esclarecer a “quem interessa grampear adversários políticos”, diz.

Além disso, aponta que o caso “não pode ser minimizado por nenhuma autoridade competente”, visto que toda a denuncia partiu de um promotor de Justiça, Mauro Zaque, que na época exercia o cargo de secretário de Estado de Segurança Pública. “Portanto, é fundamental que a presente denúncia seja rigorosamente investigada”.

Até o momento, apenas a Polícia Militar instaurou um Inquérito Policial Militar para apurar as denúncias de desvio de conduta atribuído a militares na utilização do sistema 'Guardião', responsável por interceptações telefônicas.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quarta, 22 de novembro de 2017

11:55 - Ministro abre brecha em decisão e autoriza major a ir na PM

Terça, 21 de novembro de 2017

17:14 - Taques vai a Brasília em busca de R$ 144 milhões

16:55 - Comitiva debater ampliação da malha ferroviária em MT

16:52 - Max e Wilson deixam cargos no governo e reassumem mandatos na AL

10:01 - Governador fala em pagar restante dos servidores ainda nesta terça-feira

Sexta, 17 de novembro de 2017

16:11 - Governo cancela reunião e sindicalistas sinalizam greve geral

12:05 - TJ manda Estado incorporar perdas da URV aos salários de investigadores

Terça, 14 de novembro de 2017

15:17 - Governo paga servidores que recebem até R$ 14,1 mil brutos nesta terça-feira

Segunda, 13 de novembro de 2017

12:45 - Fávaro publica decreto que corta 30% nos gastos e veta concursos

Domingo, 12 de novembro de 2017

13:04 - Importadores chineses conhecem a qualidade da carne mato-grossense


// leia também

Quarta, 22 de novembro de 2017

18:10 - Estado invalida progressão de Pedro Henry após notificação do MP

16:55 - CPI do Paletó não dará em nada e vereadores passarão vergonha, diz Renivaldo

16:03 - Senado deve votar a liberação de recursos do FEX para MT

12:20 - Com 18 votos, deputados aprovam PEC do Teto para congelar gastos e salários

10:57 - 'Iremos aonde o Oscar for', diz Luciane Bezerra sobre saída do PSB

Terça, 21 de novembro de 2017

18:04 - Membros da CPI do Paletó se reúnem para definir agenda de trabalho

17:42 - PF apreende armas, munições e pasta 'bomba' com conselheiro do TCE

16:55 - Fabris diz que cobrava de Silval pagamento de mansão em Jurerê Internacional

11:28 - Notícia de multa de R$ 150 para quem não atualizar dados é falsa, alerta TRE

10:36 - Taques não acredita em candidatura de Mauro Mendes ao governo


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 22/11/2017
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 22/11/2017
9c0f48bde8780cd049ec89c5bbaeba93 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Nesta sexta-feira tem mais uma edição da Black Friday




Logo_classifacil









Loja Virtual