PT cobra imparcialidade na investigação dos grampos | Gazeta Digital

Terça, 16 de maio de 2017, 17h53

?Ninguém esta acima da lei?

PT cobra imparcialidade na investigação dos grampos

Karine Miranda, repórter do GD


A Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) cobrou rigor e imparcialidade na investigação do suposto esquema de interceptações telefônicas ilegais feitas pela Polícia Militar de Mato Grosso, a mando de membros do primeiro escalão do governo Pedro Taques (PSDB).

Em nota enviada à imprensa, o partido destacou que “ninguém está acima da lei” e que as autoridades responsáveis devem ter “a maior imparcialidade e rigor nas investigações” do esquema.


PT cobra imparcialidade na investigação dos grampos

Conforme denúncias, ao menos 120 pessoas foram grampeadas, entre eles jornalistas, assessores parlamentares da AL e até a deputada Janaina Riva (PMDB). O caso só veio à tona após uma matéria do Fantástico, da Rede Globo, onde promotor Mauro Zaque aparece denunciando todo o esquema.

A nota do PT destaca ainda a necessidade das autoridades tornarem público todo o andamento da investigação e “os integrantes dessa Organização Criminosa” para esclarecer a “quem interessa grampear adversários políticos”, diz.

Além disso, aponta que o caso “não pode ser minimizado por nenhuma autoridade competente”, visto que toda a denuncia partiu de um promotor de Justiça, Mauro Zaque, que na época exercia o cargo de secretário de Estado de Segurança Pública. “Portanto, é fundamental que a presente denúncia seja rigorosamente investigada”.

Até o momento, apenas a Polícia Militar instaurou um Inquérito Policial Militar para apurar as denúncias de desvio de conduta atribuído a militares na utilização do sistema 'Guardião', responsável por interceptações telefônicas.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quinta, 21 de setembro de 2017

16:51 - Em defesa de Perri, Amam pede para Taques ficar no seu 'quadrado'

16:34 - No Facebook, delegado minimiza vaias de colegas

15:58 - Delegado Stringueta ressurge na grampolândia

15:51 - Ministro mantém prisão do coronel Zaqueu e a classifica como 'necessária'

13:19 - Decisão de Perri evidencia tensão entre poderes

08:20 - Curvo diz que não há animosidade com Tribunal de Justiça

Quarta, 20 de setembro de 2017

20:13 - Taques detona Orlando Perri e vai acioná-lo no CNJ por afastar secretário

18:15 - Delegado sindicalista diz que Perri comete excesso com busca na Sesp e tornozeleira

17:35 - Staff de Taques sofre mais uma baixa após grampos

16:42 - Afastado do cargo pela Justiça, Rogers Jarbas alega desconhecer acusação


// leia também

Quinta, 21 de setembro de 2017

20:20 - Ex-chefe de gabinete de Silval diz que omitiu crimes em delação

15:20 - Botelho marca posse de Meraldo Sá na vaga de Fabris

11:34 - TCE mantém suspensão de aumento de repasse à Câmara

11:30 - Discurso de Trump é som de cachorro latindo, diz ministro da Coreia do Norte

10:15 - Deputados pretendem tirar o colega Gilmar Fabris da cadeia

08:41 - TCE quer saber se houve má-fé em compra superfaturada de maquinários

Quarta, 20 de setembro de 2017

14:22 - TJ afasta secretário Rogers Jarbas e impõe uso de tornozeleira

11:00 - Assembleia convoca deputados para avaliar 'estragos' após devassa da PF

10:30 - Presidente da AL exclui da Comissão de Ética deputados delatados por Silval

Terça, 19 de setembro de 2017

19:19 - Botelho aguarda ministro dizer se AL pode analisar prisão de Fabris


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 22/09/2017
 
Facebook Instagram
GDEnem

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 22/09/2017
E92cf67fcd8c519c4958954f838c8798 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Muitos que aparecem nos vídeos das delações ainda não deram explicações à sociedade




Logo_classifacil









Loja Virtual