Janaina Riva registra BO contra secretário de Comunicação de Taques | Gazeta Digital

Terça, 16 de maio de 2017, 12h30

INVASÃO DE PRIVACIDADE

Janaina Riva registra BO contra secretário de Comunicação de Taques

Celly Silva, repórter do GD


JL Siqueira/Tchélo Figueiredo

A deputada estadual Janaina Riva (PMDB) registrou, na segunda-feira (15), um boletim de ocorrência contra o secretário de Estado de Comunicação Kleber Lima por conta dele ter compartilhado em redes sociais uma foto dela de pijama e a criticando pelo fato de reclamar privacidade sendo que ela mesma se expunha. O caso repercutiu após a veiculação de uma reportagem no programa de TV “Fantástico” em que a parlamentar criticava o governo por estar envolvido em grampos ilegais contra adversários políticos, em que ela foi vítima.

Segundo a deputada, quando foi até a delegacia, descobriu que Kleber Lima já responde por outra reclamação da ex-primeira dama de Cuiabá Virgínia Mendes, que foi chamada de “louca” durante a pré-campanha eleitoral de 2016, pelo então secretário de Comunicação da Capital.

Em suas redes sociais, Janaina Riva classificou o secretário como “escória da vida pública” e suas atitudes como “nojeira”. A parlamentar ainda afirmou que constantemente é ameaçada através de terceiros por Kleber Lima. “O governo que te dá subsídio é pior que você. Graças a Deus, falta só mais um ano e meio pra eu ver pessoas como você bem longe da vida pública”, disse Riva.

Na segunda-feira (15), a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) apresentou ao governador Pedro Taques (PSDB) um ato de desagravo contra Kleber Lima. No documento, os deputados registraram que o secretário “agiu de modo indigno e incompatível com o cargo que ocupa quando divulgou através de mídias sociais, mais especificamente grupos de WhatsApp, post contendo foto íntima da deputada Janaina Riva com o seguinte comentário: ‘Quem iria invadir a privacidade da Ilustre Deputada se ela mesma o faz?!’”.

O ato de desagravo demonstrou repúdio à atitude de Kleber e solidariedade à Janaina, única mulher no quadro de deputados estaduais de Mato Grosso. Além disso, os parlamentares solicitaram do secretário um pedido formal de desculpas.

Ao Gazeta Digital, o secretário de Comunicação Kleber Lima disse que, como a deputada judicializou o caso, somente irá se manifestar perante às autoridades competentes. Ele negou que seja alvo de uma denúncia relacionada à primeira-dama Virgína Mendes. 

Além de se manifestar contra a atitude do secretário, a deputada Janaina Riva também tem tomado medidas contra a existência de grampos ilegais no Estado, dos quais ela, advogados, jornalistas, empresários, médicos e autoridades foram vítimas.

Na manhã desta terça-feira (16), ela se reuniu, juntamente com deputados de oposição ao governo, com os presidentes do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Rui Ramos, e do Ministério Público Estadual, Mauro Curvo, além do chefe do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), Marcos Bulhões para cobrar providências.
 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quarta, 18 de outubro de 2017

17:03 - Após confissão, delegados querem revogar prisão do cabo Gerson

15:25 - Cabo diz que juíza e promotor 'montaram história' para grampear Silval

11:45 - Cabo Gerson destruiu HD com áudios de interceptações telefônicas

11:32 - Taques coloca atrasos na conta de Silval e deputados

09:45 - Escrivão apresenta laudo e rebate acusações de que seria desequilibrado

Terça, 17 de outubro de 2017

18:30 - Cabo Gerson acusa Paulo Taques de 'financiar' esquema de grampos

17:06 - TJ envia inquéritos da grampolândia para Brasília

10:40 - Após entregar 'bando' e farsa contra Perri, escrivão é escoltado por 9 PMs

Segunda, 16 de outubro de 2017

11:55 - Paulo Taques busca liberdade junto ao STF

10:32 - Pedro Taques afirma que não há crise com Judiciário


// leia também

Quarta, 18 de outubro de 2017

18:21 - Selma diz que acusação é 'plantada' por alguém que quer desmoralizá-la

09:16 - Bancada federal destina R$ 50 milhões para saúde em MT

08:15 - Prefeitura de Cuiabá licita apenas 10% dos contratos e Ong alerta vereadores

07:35 - TJ concede liminar ao grupo de oposição e adia votação da PEC do Teto

Terça, 17 de outubro de 2017

16:50 - Wilson Santos admite que VLT não ficará pronto nesta gestão

16:43 - Estado suspende licitação de R$ 43 milhões para obras na MT-030

15:47 - PSB convoca novo encontro para analisar expulsão de Fábio Garcia

13:30 - Deputados decidem sobre rito de escolha dos conselheiros do TCE

11:01 - Câmara de Cuiabá cria comissão para enxugar gastos

08:37 - Câmara de Vereadores funciona com ritmo limitado


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 18/10/2017
 
Facebook Instagram
GDEnem

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 18/10/2017
1dfb6b6afb56dc5166ec20b57d7ab534 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Dois dos três senadores de MT votaram pela volta de Aécio Neves ao Senado




Logo_classifacil









Loja Virtual