Taques avalia adotar regras da previdência de Temer | Gazeta Digital

Quinta, 30 de março de 2017, 17h48

ALTERNATIVA

Taques avalia adotar regras da previdência de Temer

Rafael Costa, repórter do GD


O governador Pedro Taques (PSDB) discorda da proposta do presidente da República Michel Temer (PMDB) de excluir os servidores públicos municipais e estaduais do texto da reforma da previdência que será submetida a votação no Congresso Nacional.

“A decisão de transferir responsabilidade aos Estados e municípios é inconstitucional. Os Estados não podem legislar e aplicar regras diferentes daquelas que serão aplicadas pela União”, disse.

Divulgação

Taques vê inconstitucionalidade em aval de Michel Temer.

Diante do imbróglio administrativo e jurídico que surgiu, Taques avalia manter a proposta que será aprovada pelo Congresso Nacional em Mato Grosso. “Vamos aguardar. É uma opção”, comentou.

Com relação à previdência social, a equipe econômica do Estado avaliava encaminhar projeto de lei para a Assembleia Legislativa elevando a contribuição previdenciária de 11% para 14%.

Ainda não foi encaminhada ao Legislativo para a aprovação, a proposta de teto dos gastos que tem como meta limitar investimentos públicos nos próximos dois anos e congelar salários e progressão de carreira dos servidores públicos.

Isso porque os parlamentares e o Executivo estadual aguardam a aprovação em definitivo do Congresso Nacional para que não haja divergência na lei estadual.

Atualmente, é preciso ter 65 anos (homens) ou 60 anos (mulheres) para pedir a aposentadoria por idade e 35 anos (homens) ou 30 anos (mulheres) para solicitar o benefício por tempo de contribuição. Isso pode mudar com a proposta enviada pelo governo federal ao Congresso Nacional.

O projeto prevê idade mínima de 65 anos para homens e mulheres e 49 anos de contribuição para a aposentadoria integral.

Entidades de classe discordam e afirmam que os trabalhadores rurais serão os mais prejudicados.


 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 24 de abril de 2017

08:52 - Governo promove mais uma edição da Expedição Pró-Estradas

Quinta, 20 de abril de 2017

19:17 - Taques garante independência da AL e quer relatório aprovado

Terça, 18 de abril de 2017

10:21 - Taques evita a imprensa em posse no TRE

Sábado, 15 de abril de 2017

15:18 - Taques é flagrado em SP com uma loira - Veja foto

Sábado, 08 de abril de 2017

13:58 - Taques anuncia retomada de obras do COT da UFMT

10:35 - Governador vistoria duplicações das estradas da Chapada e da Guia

Quinta, 06 de abril de 2017

10:35 - MT recebe fórum dos governadores do Brasil Central

Quinta, 30 de março de 2017

09:24 - Qualidade da carne de Mato Grosso será comprovada em Showcase

Terça, 28 de março de 2017

17:55 - Taques anuncia investimentos de R$ 34 milhões nos municípios

09:39 - Taques vai a Brasília discutir VLT e emendas para a saúde


// leia também

Sábado, 26 de maio de 2018

21:05 - Greve dos caminhoneiros faz Pedro Taques decretar emergência em MT

12:45 - Igrejas e demais templos religiosos são proibidos de fazer propaganda eleitoral

11:52 - Diretor de hospital faz alerta sobre situação dos filantrópicos a Carlos Fávaro

Sexta, 25 de maio de 2018

16:50 - Estado nega superfaturamento em licitação milionária para trocar pontes

16:50 - Pedro Taques nega reduzir ICMS do diesel sem contraproposta de Temer

14:06 - Órgãos públicos suspendem expediente por falta de combustível

13:16 - Prefeitura de Cuiabá suspende expediente na tarde desta sexta-feira

13:10 - Taques e mais 6 governadores fazem carta para 'pressionar' Temer sobre greve

Quinta, 24 de maio de 2018

16:40 - Oscar Bezerra abandonda CPI do Ministério Público por causa de 'boicote'

13:05 - Deputados não querem votar as contas de governo de Pedro Taques


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 27/05/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 27/05/2018
77af5254f83f80e9a0fe74ca5ef504e2 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Projeto de Lei reconhece o funk como manifestação cultural popular




Logo_classifacil









Loja Virtual