Justiça mantém prisão de suspeito em Chacina de Colniza | Gazeta Digital

Segunda, 14 de maio de 2018, 09h18

Nove Mortes

Justiça mantém prisão de suspeito em Chacina de Colniza

Arthur Santos da Silva, repórter do GD


O juiz Ricardo Frazon Menegucci, da Vara Única de Colniza (1065 Km de Cuiabá), negou pedido de revogação da prisão decretada contra Paulo Ramos Nogueira, o Doca, suspeito de participação no caso conhecido como Chacina de Colniza, que vitimou 9 pessoas.

Divulgação

Movimentação após a chacina

Doca argumentou em seu pedido sobre a possibilidade de aplicação de medidas cautelares para substituir a prisão. Tornozeleira eletrônica seria uma delas. Ricardo Frazon, porém, considerou precário o equipamento.

“Há necessidade da manutenção da segregação provisória, revelando-se insuficientes as medidas cautelares diversas da prisão na forma pugnada pelo acusado”, decidiu o magistrado.

A decisão é do dia 9 de maio.

O caso

Pedro Ramos Nogueira, Valdelir João de Souza, Ronaldo Dalmoneck e Moisés Ferreira de Souza foram denunciado por homicídio triplamente qualificado (mediante pagamento, tortura e emboscada).

Conforme a denúncia do Ministério Público, os nomes integram um grupo de extermínio denominado “os encapuzados”, conhecidos na região como “guachebas”, ou matadores de aluguel, contratados com a finalidade de praticar ameaças e homicídios.

No dia da chacina, Pedro, Paulo, Ronaldo e Moisés, a mando de Valdelir, foram até Taquaruçu do Norte, (licalidade próxima a Colniza) munidos de armas de fogo e arma branca, onde executaram Francisco Chaves da Silva, Edson Alves Antunes, Izaul Brito dos Santos, Alto Aparecido Carlini, Sebastião Ferreira de Souza, Fábio Rodrigues dos Santos, Samuel Antonio da Cunha, Ezequias Satos de Oliveira e Valmir Rangel do Nascimento.

O grupo de extermínio percorreu aproximadamente 9 km, matando, com requintes de crueldade, todos que encontraram pelo caminho. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 20 de abril de 2018

16:42 - Após 1 ano, mandante de chacina em Colniza continua foragido

Terça, 28 de novembro de 2017

14:04 - Audiência sobre chacina de Colniza termina de madrugada, após 12 horas

Segunda, 27 de novembro de 2017

09:32 - Réus e testemunhas da chacina em Colniza começam a ser interrogados

Sábado, 04 de novembro de 2017

11:55 - Acusados por chacina em Colniza vão a julgamento neste mês

Quinta, 02 de novembro de 2017

13:34 - Defensoria pede indenização para famílias de vítimas

Segunda, 12 de junho de 2017

10:21 - Terceiro acusado de participar de chacina em MT se entrega em RO


// leia também

Segunda, 21 de maio de 2018

10:46 - Servidor que alegou trabalho infantil tem estabilidade anulada na ALMT

10:11 - Justiça retoma audiência sigilosa por fraudes de R$ 65 milhões em ICMS

09:40 - Fachin precisa decidir se investigação contra Blairo vai para 1ª instância

07:58 - Tribunal redistribui ação da Bereré para desembargador Zuquim

07:45 - STF manda para Mato Grosso investigação criminal contra Sachetti

Domingo, 20 de maio de 2018

14:02 - Delação de Alan Malouf é homologada no STF e deve complicar Taques

Sábado, 19 de maio de 2018

10:58 - Justiça retira estabilidade de mais um servidor da Assembleia

Sexta, 18 de maio de 2018

19:08 - TJ livra gestora de pagar R$ 1 milhão por aluguel do Hospital Jardim Cuiabá

17:15 - Policiais militares são afastados por causa de sexo e bebida com menores

16:31 - Supremo nega recurso do conselheiro Novelli e mantém afastamento do TCE


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 21/05/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 21/05/2018
D1f041d7a04ba04c4ffc9a628f06da54 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Projeto reconhece como família união entre pessoas independente do gênero




Logo_classifacil









Loja Virtual