Conselho do Ministério Público julga promotor que surtou e agrediu policiais | Gazeta Digital

Terça, 17 de abril de 2018, 08h30

guarantã do norte

Conselho do Ministério Público julga promotor que surtou e agrediu policiais

Arthur Santos da Silva, repórter do GD


O Conselho Superior do Ministério Público de Mato Grosso julga na próxima quinta-feira (19) o promotor de justiça, Fábio Camilo da Silva, que surtou em julho de 2017 e discutiu com policiais militares que tentaram abordá-lo após suspeita de embriaguez ao volante.

Reprodução

O membro do órgão ministerial era lotado em Guarantã do Norte e foi interditado. Os fatos envolvendo policiais ocorreram em uma rodovia nas proximidades de Peixoto de Azevedo (691 Km ao norte de Cuiabá). Além da discussão recente, pesa contra ele acusações de várias outras infrações disciplinares.

Conforme divulgado, anteriormente Fábio Camilo infringiu normas ao: assediar uma promotora, prender um homem por suposta embriaguez, ter faltado audiências por estar na cidade de Chapada dos Guimarães (sem prévio aviso), oferecer garrafas de whisky para um juiz durante audiência, agredir uma adolescente infrator e atropelar um deficiente físico quando estava visivelmente embriagado, chamando a vítima de “preto nojento”.

Guarantã do Norte

Em 1 de julho de 2017, o recém empossado promotor de Justiça de Guarantã do Norte (700 km de Cuiabá), Fábio Camilo da Silva, foi acusado de ameaçar hóspedes de um hotel da cidade e jogar água em um deles.

Já na parte da manhã, o suspeito ainda teria quebrado o vidro de uma emissora de TV do município.

Antes, o promotor envolveu-se em confusão com a Polícia Militar, em uma rodovia nas proximidades de Peixoto de Azevedo. Segundo o relato, o membro do Ministério Público Estadual (MPE) estaria alcoolizado e desafiou o policial que o abordou, arrancando-lhe o boné da cabeça e também o enforcando.

Ele não foi preso por possuir prerrogativa de foro. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quinta, 19 de abril de 2018

10:45 - Ministério Público exonera promotor que surtou e agrediu policiais

Sexta, 07 de julho de 2017

09:36 - Família transfere promotor para Campo Grande

Quarta, 05 de julho de 2017

08:38 - Soldados da PM que abordaram promotor em surto serão homenageados

Terça, 04 de julho de 2017

10:27 - Promotor que xingou PM é afastado do cargo

Segunda, 03 de julho de 2017

17:50 - Promotor tem novo surto e agride enfermeiros em hospital

10:00 - Promotor corre risco de perder salário de R$ 24 mil

Domingo, 02 de julho de 2017

14:14 - Algemado, promotor do MPE xinga PMs e toma banho de cerveja - veja vídeos

08:45 - Promotor com sinal de embriaguez xinga e humilha policial e fica solto


// leia também

Terça, 24 de abril de 2018

19:12 - MPE notifica prefeito e vereadores sobre irregularidades na concessão de RGA

18:51 - Juiz alega se declara suspeito para julgar ação de golpe milionário

13:24 - MPE cobra do governo conclusão de concurso para patologistas e necrópsia

13:10 - TJ analisa pedido de segurança para a juíza aposentada Selma Arruda

10:55 - MPE ingressa com ação para empresa implantar área verde em residencial

10:51 - MP pede bloqueio de R$ 37 milhões de 3 deputados e mais 9 políticos

10:04 - Juíza manda MST desocupar fazenda de Silval entregue em delação

08:41 - Liminar obriga empresas a sinalizar instalações que mataram trabalhador

08:13 - MPE investiga fraudes em licitação de R$ 4 milhões para pontes na MT-010

07:40 - Justiça condena 5 por fraudes em habilitações no Detran de MT


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 25/04/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 25/04/2018
72a9403112aff7a049263a318f98e418 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Você confia nos resultados de pesquisas eleitorais?




Logo_classifacil









Loja Virtual