Sachetti é interrogado no Supremo por possível crime de responsabilidade | Gazeta Digital

Quarta, 14 de março de 2018, 10h10

audiência no dia 20

Sachetti é interrogado no Supremo por possível crime de responsabilidade

Arthur Santos da Silva, repórter do GD


O deputado federal Adilton Sachetti (PRB) será interrogado no próximo dia 20 numa ação penal em que figura como réu por crime de responsabilidade. O processo tramita no Supremo Tribunal Federal (STF). por prerrogativa de foro, a audiência ocorrerá na Corte máxima da Justiça Brasileira.

Chico Ferreira

A denúncia narra que Sachetti, enquanto prefeito de Rondonópolis (215 km de Cuiabá) em 2008, teria empregado irregularmente verbas públicas repassadas por convênio firmado com o estado de Mato Grosso.

Maria Perpétua Teixeira de Oliveira Stefanini, ex-secretária municipal de Promoção e Assistência Social, também é processada.

O processo é relatado pela presidente do Supremo, a ministra Rosa Weber. “Designo audiência de instrução para o dia 20/03/2018, às 14:00, na Sala de Audiências do Supremo Tribunal Federal, em Brasília (Anexo IIA, Ala A, 2º andar, sala C224), para o interrogatório do acusado”, decidiu a ministra.

A denúncia foi respaldada por considerável investigação preliminar em sede de inquérito civil, da qual sucedeu ação civil pública. A investigação foi conduzida pelo Ministério Público Estadual (MPE) e contou com 8 volumes de documentos, sobre os quais o réu Adilton foi devidamente notificado para apresentar defesa por escrito.

O deputado chegou a pedir a nulidade do processo, mas recebeu decisão negativa da ministra Rosa Weber em maio de 2017.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 25 de junho de 2018

13:32 - Gilmar Mendes solta Marcelo Rzezinski, mais um da Operação Câmbio, Desligo

Sábado, 23 de junho de 2018

08:33 - Descrédito nos partidos atinge 8 em 10 brasileiros

Quinta, 21 de junho de 2018

10:02 - Procurador diz que autorizar PF a firmar colaboração ajuda criminosos

Quarta, 20 de junho de 2018

16:45 - STF decide que polícia pode fechar acordos de colaboração premiada

13:30 - Sem acordo, ação sobre auxílio-moradia vai ao Supremo

12:45 - STF determina que Ivo Cassol (RO) cumpra de imediato pena em regime aberto

Terça, 19 de junho de 2018

19:00 - Rosa Weber arquiva inquérito contra deputado federal Paes Landim

18:00 - Advogado de Gleisi diz que acusações são 'frágeis' e 'contraditórias'

17:03 - Sem citar Temer, Kassab defende legado do governo

13:46 - Em vídeo, Gleisi afirma que denúncia no STF é perseguição contra PT


// leia também

Segunda, 25 de junho de 2018

10:30 - Ministra aponta ameaça e extorsão ao negar liberdade a empresário

Domingo, 24 de junho de 2018

08:00 - Silval diz que relatórios do TCE na Copa foram usados para chantagem - veja vídeo

Sábado, 23 de junho de 2018

08:20 - Ex-deputado nega propina, mas não explica dinheiro que recebeu e guardou em pasta

Sexta, 22 de junho de 2018

16:52 - Família de servidor dado como 'morto' se revolta e quer processar o MP

16:25 - Pressionados, procuradores ingressam com 4º pedido por liberdade de Savi

12:00 - Após anunciar desistência, conselheiro tenta liberar aposentadoria

10:55 - Ministério Público investiga pagamentos a servidor morto há 28 anos

07:35 - Índias suspeitas de enterrar bebê vivo vão usar tornozeleiras

Quinta, 21 de junho de 2018

10:18 - STJ nega liberdade a empresário acusado de lavar dinheiro da Bereré

07:14 - Juiz da 7ª Vara fica com ação contra Maggi por compra de vaga no TCE


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 25/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 25/06/2018
Afeda58f8fad104f8a7e7e0d17408684 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Transsexualidade deixa de ser considerada uma doença mental




Logo_classifacil









Loja Virtual