Empresário condenado por morte da amante terá que indenizar familiares | Gazeta Digital

Sexta, 09 de março de 2018, 18h19

caso maiana

Empresário condenado por morte da amante terá que indenizar familiares

Karine Miranda, repórter do GD


O juiz da 4ª Vara Cível de Cuiabá, Emerson Cajango, condenou o empresário Rogério da Silva Amorim ao pagamento de aproximadamente R$ 410 mil de indenização, por danos morais, à família da adolescente Maiana Mariano Vilela, assassinada em 2011. A decisão é da última terça-feira (6).

O empresário deverá pagar R$ 200 mil de indenização à mãe e irmãos da adolescentes e pagar pensão mensal no valor de 2/3 do salário mínimo (R$ 636) até a data em que Maiana completaria 25 anos - mais 1/3 do salário mínimo (R$ 318) até a idade em que a menor faria 75 anos.


Empresário é condenado a pagar indenização à família de Maiana, assassinada em 2011

Rogério Amorim foi condenado a 19 anos e 9 meses de prisão por ter sido o mandante do assassinato da menor. Também foi condenado pelo crime o motorista Paulo Ferreira Martins. Já o pedreiro Carlos Alexandre da Silva ainda é réu no processo e irá a julgamento.

Leia mais - TJ anula júri que absolveu cúmplice na morte da adolescente Maiana

O pedido de indenização foi feito pela família em 2013. Eles alegaram que o empresário pagou R$ 5 mil para os outros dois assassinarem a menor, apesar de ele ter um relacionamento amoroso com ela, com convivência marital.

Alegou também que o empresário ganhou a confiança da adolescente e de sua família, bem como ajudava a menor com auxílio material, custeando estudos, tratamento de saúde e vestuário. Ainda segundo a família, a perda da menor causou imensa dor e sofrimento, além de prejuízos de ordem patrimonial.

Na ação, a família ainda relata que é de baixa renda. Por isso, requer o pagamento de indenização no valor de R$ 200 mil para cada um dos dois irmãos da menor, além de R$ 644 mil à mãe e a condenação ao pagamento de pensão vitalícia de 2/3 do salário mínimo até que a vítima completasse 25 anos. Após isso, o pagamento seria de 1/3 do salário mínimo, mais as despesas com sepultamento no valor de R$ 5 mil.

A família requereu, ainda, que a empresa de Rogério, EP Pré-moldados, bem como sua esposa na época, Calisângela Moraes de Amorim, fossem declarados responsáveis, a fim de garantir que os valores fossem pagos.

Reprodução/TV Record

Rogério foi condenado por mandar matar Maiana

Ao analisar o pedido, o magistrado reconheceu a responsabilidade civil do empresário em relação aos danos causados à família. “Frisa-se que, os restos mortais da menor somente foram localizados depois de 5 (cinco) meses e durante todo esse período a família conviveu com os sentimentos de dor e agonia de ter os fatos esclarecidos e de esperança de que a menor Maiana Mariano fosse encontrada com vida”.

Contudo, determinou o reajuste no valor a ser pago de indenização, sendo R$ 100 mil à mãe e R$ 50 mil para cada irmão. Além disso, acatou o pedido para pagamento de pensão vitalícia e das despesas com sepultamento.

O magistrado ainda determinou o bloqueio de bens e contas de Rogério para assegurar o pagamento da quantia. “Assim, pugnam pela procedência dos pedidos iniciais para que seja declarada a indisponibilidade de bens do requerido, até que seja alcançada a quantia de R$1.092.995,16 (um milhão e noventa e dois mil e novecentos e noventa e cinco reais e dezesseis centavos), bem como a indisponibilidade de bens em nome da sociedade E.P. Pré-Moldados Ltda., de propriedade do requerido, para garantir a utilidade de futuro provimento jurisdicional em que restará assentada a responsabilidade civil pela morte de Maiana Mariano, filha e irmã dos requerentes.”, diz

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quarta, 28 de fevereiro de 2018

18:49 - TJ anula júri que absolveu cúmplice na morte da adolescente Maiana

Quinta, 24 de novembro de 2016

17:19 - 'Assassino' de Maiana garante liberdade

Terça, 25 de outubro de 2016

18:45 - Mandante da morte é liberado da prisão

Quarta, 19 de outubro de 2016

19:17 - Penas de assassinos passam de 40 anos

Terça, 18 de outubro de 2016

17:08 - Caso Maiana - Júri vai durar 2 dias

Terça, 22 de setembro de 2015

18:08 - Júri da morte de Maiana será no mês de outubro

Segunda, 06 de abril de 2015

17:31 - TJ nega recurso de familiares de adolescente morta em 2011

Sexta, 22 de novembro de 2013

15:31 - Último réu preso por morte da adolescente Maiana, ganha liberdade

Quarta, 13 de novembro de 2013

07:00 - Assassino confesso no caso Maiana consegue liberdade

Quinta, 03 de outubro de 2013

16:12 - Defesa de executor da adolescente Maiana consegue suspender sentença


// leia também

Terça, 19 de junho de 2018

09:19 - Acusado de ameaçar ex-secretário de Educação é preso

07:00 - Antonio Joaquim pede para ser investigado no STJ

Segunda, 18 de junho de 2018

19:44 - Supremo mantém Paulo Taques preso 51 dias após operação

17:30 - Ex-deputado confirma ter recebido R$ 50 mil gravado em vídeo de delator

14:16 - PF sugere 144 novos inquéritos por delações de família Barbosa

11:15 - Emanuel diz à PF que aliado de Silval o gravou para fazer chantagem

08:29 - Juiz suspende escolta concedida à juíza Selma Arruda e não afasta Taques

08:01 - Empresário acusado de lavar dinheiro da Bereré pede liberdade no STJ

06:00 - Perícia da PF confirma mensagens apagadas do celular de Blairo após apreensão

Domingo, 17 de junho de 2018

11:40 - Metalúrgica de Alta Floresta é condenada por trabalho infantil


 veja mais
Cuiabá, Terça, 19/06/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 19/06/2018
469cf77038290f16bf38d5b8552ee12d anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Por que a vacinação de crianças no país atingiu o índice mais baixo em 16 anos?




Logo_classifacil









Loja Virtual