TRE suspende fundo partidário e condena PSOL a devolver quase R$ 7 mil | Gazeta Digital

Quarta, 17 de maio de 2017, 15h36

Contas reprovadas

TRE suspende fundo partidário e condena PSOL a devolver quase R$ 7 mil

Andréa Martins Oliveira, redação TRE MT


O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso desaprovou as contas anuais, relativas ao exercício financeiro de 2013, do Partido Socialismo e Liberdade de Mato Grosso (PSOL). A agremiação partidária terá que devolver ao Tesouro Nacional quase R$ 7 mil reais e deixará de receber cotas do fundo partidário por seis meses.

De acordo com o relator das contas, juiz membro Marcos Faleiros da Silva, o PSOL recebeu de maio a julho de 2013, do Fundo Partidário, o montante de R$ 6.954,23. No entanto, a agremiação não poderia ter recebido esses recursos, pois o repasse à agremiação partidária estava suspenso no período compreendido entre 1º de maio de 2013 a 8 de outubro de 2013, por decisão judicial proferida em outro processo.

Divulgação/Psol

TRE suspende fundo partidário e condena PSOL a devolver quase R$ 7 mil

"Valores recebidos do Fundo Partidário, em período em que o partido estava penalizado com a suspensão de cotas, configura irregularidade. E o montante recebido indevidamente deve ser recolhido ao Tesouro Nacional, por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU)", disse o relator.

Além do recebimento irregular dos recursos do fundo partidário, a agremiação não apresentou documentos que comprovam despesas realizadas com sonorização e produção visual; honorários de balanço contábil e auto posto Dom Vital, que foram registradas em sua escrituração contábil. Juntas essas despesas totalizam R$ 2.188,05.

"A não apresentação de documentos comprobatórios das despesas realizadas pela agremiação constitui falha grave na prestação de contas, impedindo que esta Justiça Especializada verifique a transparência e a lisura da contabilidade, o que enseja a reprovação das contas", finalizou o relator.

O PSOL declarou ter obtido, durante o período de 2013, o recurso de R$ 6.998,63 e realizado despesas no montante de R$ 4.615,43 



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Quarta, 28 de junho de 2017

14:52 - Juiz rejeita embargos e mantém cassação de Lucimar

13:09 - Riva e Sérgio Ricardo são condenados por improbidade administrativa

Terça, 27 de junho de 2017

17:00 - TJ reduz pela metade fiança de servidor da Sefaz preso por corrupção

15:00 - Preso confirma ao Gaeco que foi 'laranja' a pedido de servidor do TCE

13:01 - Juiz arquiva inquérito da Ararath contra Mauro Mendes

11:27 - Delator paga R$ 300 mil e promotora pede arquivamento de denúncia

09:34 - Juiz manda soltar coronéis acusados de vazar detalhes sobre prisões

Segunda, 26 de junho de 2017

17:17 - TCE aponta 'garis fantasmas' e barra pagamento de R$ 1,6 mi à Ecopav

17:03 - TJ mantém prisão de sindicalista alvo do Gaeco

16:09 - Familiares de Silval receberam R$ 1,8 milhão da JBS/Friboi


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 28/06/2017
 

GD Empregos

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 28/06/2017
709682c66590260fb3edf747d9f8deb8 anteriores




Indicadores Econômicos

Indicadores Agropecuário

Mais Lidas Enquete

Farmácias devem ser liberadas para aplicar vacinas na população?




waze

Logo_classifacil









Loja Virtual