Audiências são novamente adiadas e confissão de Silval fica para o mês que vem | Gazeta Digital

Terça, 16 de maio de 2017, 15h28

OPERAÇÃO SODOMA 4

Audiências são novamente adiadas e confissão de Silval fica para o mês que vem

Celly Silva, repórter do GD


A audiência em que o ex-governador Silval Barbosa (PMDB) prometia confessar seus crimes cometidos no âmbito da operação Sodoma 4, que apura fraude de R$ 15 milhões na desapropriação do bairro Jardim Liberdade, ocorrida no último ano de seu governo, em 2014, foi novamente adiada. Primeiramente, estava prevista para ocorrer nesta terça-feira (16) e passou para a quinta-feira (18). Agora, ficou para o dia 5 de junho.

Chico Ferreira

Audiências são adiadas no momento em que ex-governador tentava obter liberdade mediante confissão

O adiamento é efeito da redesignação da audiência que estava prevista para ocorrer nesta tarde de terça-feira (16) e que foi remarcada para o dia 3 de junho. Isso porque a juíza titular da 7ª Vara Criminal, Selma Arruda, está de licença médica e o substituto legal dela, juiz Jurandir Florêncio se declarou impedido pelo fato de ser irmão do advogado Hugo Florêncio, que defende justamente o réu que seria ouvido hoje, Afonso Dalberto, ex-presidente do Intermat, que também é delator na ação.

Os assessores judiciais ainda tentaram encontrar outro magistrado que pudesse presidir a audiência. O juiz Geraldo Fidelis, titular da Vara de Execução Penal, substituto direto de Jurandir Florêncio, não pôde ir porque está afastado e em regime de exceção. Já o seu substituto, juiz Jorge Luiz Tadeu Rodrigues também não pôde cumprir a agenda da 7ª Vara porque cumpre pauta com 35 processos na Vara de Execução Penal, onde ele acumula sozinho todas as ações.

Como o juiz Jurandir Florêncio além de se declarar impedido, também anulou todos os seus atos na ação criminal, a audiência que foi realizada no último dia 5, em que foi ouvido o procurador do Estado Alexandre César, na condição de testemunha arrolada pela defesa de Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, o Chico Lima, terá que ser refeita.

Por deter prerrogativa de foro por função, o juiz Jorge Tadeu indicou os dias 19, 21 e 23 de junho para que Alexandre César escolha a data em que prefere ser interrogado. As datas são as que constam como disponíveis na pauta de audiências da juíza titular Selma Arruda.

A oitiva do secretário de Meio Ambiente de Cuiabá, Juares Samaniego, que havia sido indeferida pelo Juízo anteriormente, por conta da ausência do mesmo em duas audiências seguidas, será poderá ser novamente intimado a prestar depoimento no dia 19 de junho, às 16h30. O magistrado salientou, contudo, que caso a testemunha novamente deixe de comparecer, não poderá mais ser intimado, conforme deliberado entre a juíza Selma Arruda e o advogado Egydio de Souza Neves, no dia 26 de abril.

Confira novas datas das audiências:

Dia 3 de junho, às 13h30
Afonso Dalberto
Antônio Rodrigues Carvalho

Dia 4 de junho, às 13h30
João Justino Paes de Barros
Pedro Jamil Nadaf

Dia 5 de junho, às 13h30
Silval da Cunha Barbosa
Sílvio Cézar Corrêa Araújo

Dia 6 de junho, às 13h30
Alan Ayoub Malouf
Levi Machado de Oliveira

Dia 7 de junho, às 13h30
Francisco Gomes de Andrade Lima Filho
Arnaldo Alves de Souza Neto

Dia 10 de junho, às 13h30
Valdir Agostinho Piran
Marcel Souza de Cursi
 

Gazeta Digital também está no Facebook, Twitter, YouTube e Instagram    



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 25 de julho de 2017

13:40 - Advogado nega fraude de R$ 15 mi e diz que só 'ajudou cliente'

10:42 - Nadaf não se prejudica com acusações de Silval, diz advogado

10:10 - Juíza nega pedido de Faiad para afastá-la da Operação Sodoma

Segunda, 24 de julho de 2017

18:15 - Silvio não acredita que Silval quisesse prejudicá-lo

17:33 - Veja carta em que Nadaf pede desculpas e dinheiro

15:06 - Silval surpreende e nega ordem para cobrar propina

13:30 - Em carta, Nadaf pede desculpas e dinheiro; Silvio chama ex-governador de 'pai'

08:06 - Silval retoma série de confissões à Justiça

Sexta, 21 de julho de 2017

09:08 - Conheço garimpeiro e não há ouro barato, diz Silval

Quinta, 20 de julho de 2017

13:12 - Silval revela que propina de desapropriação pagou dívida com Piran


// leia também

Terça, 25 de julho de 2017

17:16 - MPE notifica municípios para que travestis e transexuais possam usar 'nome social'

15:39 - Juíza proíbe Sérgio Ricardo de entrar no prédio do TCE

14:40 - MPE investiga construção de megatemplo da Igreja Universal em Cuiabá

12:23 - Juiz do DF suspende aumento de imposto para combustível

10:40 - Investigação está parada na PJC sem substituto para Stringueta

Segunda, 24 de julho de 2017

19:08 - Mulher acusada de espancar e matar filha é inocentada por júri popular

11:50 - TJ mantém plano de recuperação judicial das empresas de Mauro Mendes

Domingo, 23 de julho de 2017

11:10 - Clientes acusam empresa de cerimonial de 'golpes' e acionam a Justiça

Sábado, 22 de julho de 2017

15:30 - Filho de Pelé é preso pela quinta vez em Santos

12:15 - Justiça realiza nova edição do programa 'Pai Presente' em agosto


 veja mais
Cuiabá, Terça, 25/07/2017
 

GD Empregos

WhatsApp Twuitter
GDEnem

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 25/07/2017
D0ab83a68d9c5d64ce32d7f10e3cc4b2 anteriores

WhatsApp




Indicadores Econômicos

Indicadores Agropecuário

Mais Lidas Enquete

Quatro CPIs podem funcionar no Congresso após o recesso de julho.




waze

Logo_classifacil









Loja Virtual