Audiências são novamente adiadas e confissão de Silval fica para o mês que vem | Gazeta Digital

Terça, 16 de maio de 2017, 15h28

OPERAÇÃO SODOMA 4

Audiências são novamente adiadas e confissão de Silval fica para o mês que vem

Celly Silva, repórter do GD


A audiência em que o ex-governador Silval Barbosa (PMDB) prometia confessar seus crimes cometidos no âmbito da operação Sodoma 4, que apura fraude de R$ 15 milhões na desapropriação do bairro Jardim Liberdade, ocorrida no último ano de seu governo, em 2014, foi novamente adiada. Primeiramente, estava prevista para ocorrer nesta terça-feira (16) e passou para a quinta-feira (18). Agora, ficou para o dia 5 de junho.

Chico Ferreira

Audiências são adiadas no momento em que ex-governador tentava obter liberdade mediante confissão

O adiamento é efeito da redesignação da audiência que estava prevista para ocorrer nesta tarde de terça-feira (16) e que foi remarcada para o dia 3 de junho. Isso porque a juíza titular da 7ª Vara Criminal, Selma Arruda, está de licença médica e o substituto legal dela, juiz Jurandir Florêncio se declarou impedido pelo fato de ser irmão do advogado Hugo Florêncio, que defende justamente o réu que seria ouvido hoje, Afonso Dalberto, ex-presidente do Intermat, que também é delator na ação.

Os assessores judiciais ainda tentaram encontrar outro magistrado que pudesse presidir a audiência. O juiz Geraldo Fidelis, titular da Vara de Execução Penal, substituto direto de Jurandir Florêncio, não pôde ir porque está afastado e em regime de exceção. Já o seu substituto, juiz Jorge Luiz Tadeu Rodrigues também não pôde cumprir a agenda da 7ª Vara porque cumpre pauta com 35 processos na Vara de Execução Penal, onde ele acumula sozinho todas as ações.

Como o juiz Jurandir Florêncio além de se declarar impedido, também anulou todos os seus atos na ação criminal, a audiência que foi realizada no último dia 5, em que foi ouvido o procurador do Estado Alexandre César, na condição de testemunha arrolada pela defesa de Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, o Chico Lima, terá que ser refeita.

Por deter prerrogativa de foro por função, o juiz Jorge Tadeu indicou os dias 19, 21 e 23 de junho para que Alexandre César escolha a data em que prefere ser interrogado. As datas são as que constam como disponíveis na pauta de audiências da juíza titular Selma Arruda.

A oitiva do secretário de Meio Ambiente de Cuiabá, Juares Samaniego, que havia sido indeferida pelo Juízo anteriormente, por conta da ausência do mesmo em duas audiências seguidas, será poderá ser novamente intimado a prestar depoimento no dia 19 de junho, às 16h30. O magistrado salientou, contudo, que caso a testemunha novamente deixe de comparecer, não poderá mais ser intimado, conforme deliberado entre a juíza Selma Arruda e o advogado Egydio de Souza Neves, no dia 26 de abril.

Confira novas datas das audiências:

Dia 3 de junho, às 13h30
Afonso Dalberto
Antônio Rodrigues Carvalho

Dia 4 de junho, às 13h30
João Justino Paes de Barros
Pedro Jamil Nadaf

Dia 5 de junho, às 13h30
Silval da Cunha Barbosa
Sílvio Cézar Corrêa Araújo

Dia 6 de junho, às 13h30
Alan Ayoub Malouf
Levi Machado de Oliveira

Dia 7 de junho, às 13h30
Francisco Gomes de Andrade Lima Filho
Arnaldo Alves de Souza Neto

Dia 10 de junho, às 13h30
Valdir Agostinho Piran
Marcel Souza de Cursi
 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 24 de abril de 2018

10:04 - Juíza manda MST desocupar fazenda de Silval entregue em delação

Sexta, 13 de abril de 2018

07:15 - Polícia investiga membros por vazamentos de operação que prendeu Silval

Quarta, 28 de março de 2018

18:42 - Dono de mansão de R$ 5 mi pede justiça gratuita

Sexta, 23 de março de 2018

07:48 - Inimigos públicos, Faiad deseja sorte a Selma na carreira política

Quarta, 21 de março de 2018

11:46 - Sindicância na Fecomércio coloca em risco delação de Nadaf

Sexta, 09 de março de 2018

07:23 - Juíza revoga prisão do delator Silvio Corrêa, aliado de Silval

Quinta, 08 de março de 2018

19:09 - Comparsa de Silval está livre de prisão domiciliar

09:00 - Desembargador falta e julgamento de sindicância contra a juíza Selma é adiado

Quinta, 01 de março de 2018

17:01 - Estado prorroga processo contra a Consignum por mais 6 meses

Segunda, 26 de fevereiro de 2018

19:43 - Tornozeleira não deixa Pedro Nadaf achar emprego


// leia também

Quinta, 26 de abril de 2018

18:28 - MPE abre inquérito sobre irregularidades em licitação do transporte

16:13 - Tribunal de Ética da OAB processa advogados inadimplentes em Mato Grosso

14:10 - Ministério Público é contra afastamento de coronéis que julgam militares

13:30 - STJ mantém suspensos direitos políticos de José Riva e Humberto Bosaipo

11:27 - Reincidência e maus antecedentes alteram pena do semi para o regime fechado

11:10 - Interceptações ligam 2 deputados, secretário e empresário em fraudes no transporte

08:40 - Chamado de mentiroso, Taques comprova repasses de R$ 5 mi de duodécimo

08:14 - Ministério Público investiga irregularidade no concurso da Seduc

Quarta, 25 de abril de 2018

12:05 - Empresa Viação Xavante teria pago propina de R$ 6 milhões a Silval

10:45 - Esse é o modo de fazer política do Pedro Taques, diz Eduardo Moura sobre operação


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 27/04/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 27/04/2018
9ddae17973b1f08955cba377281dc80a anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Em uma época em que predominam notícias ruins, qual o maior motivo para ser otimista?




Logo_classifacil









Loja Virtual