Agentes de tributos são afastados do cargo | Gazeta Digital

Quinta, 11 de maio de 2017, 18h29

POLÍTICA DE MT

Agentes de tributos são afastados do cargo

Celly Silva, repórter do GD


Circulou no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (11) a portaria nº 197/2017, que estabelece o afastamento dos três agentes de tributos alvos da operação Zaqueus, que apura propina de R$ 1,8 milhão da Caramuru para reduzir valor de um auto de infração de R$ 65 milhões para o valor irrisório de R$ 315 mil.

André Neves Fantoni, Alfredo Menezes da Motta Júnior e Farley Coelho Moutinho foram afastados da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), onde são lotados, pelo prazo de 60 dias, mas vão continuar recebendo seus salários de mais de R$ 20 mil normalmente.

O documento é assinado pelo secretário de Estado de Fazenda, Gustavo de Oliveira e pela secretária controladora geral do Estado, Kristianne Marques Dias.

Otmar de Oliveira

André Fantoni e Alfredo Menezes permanecem presos no Centro de Custódia de Cuiabá

De acordo com a portaria, eles devem ser colocados à disposição da Escola de Governo e cumprir integralmente seus horários de trabalho, no entanto, André e Alfredo estão no Centro de Custódia de Cuiabá (CCC) desde o último dia 4, quando foram transferidos do Rio de Janeiro (RJ), onde foram presos, para Cuiabá.

Somente Farley está solto desde a terça-feira (9), quando recebeu habeas corpus do desembargador Orlando Perri, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT).

Operação Zaqueus

A investigação conduzida pela Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz) surgiu em novembro do ano passado, quando o advogado Themystocles Ney de Azevedo de Figueiredo procurou a polícia denunciando o esquema e confessando ter sido o responsável pelo recebimento da propina da Caramuru e posterior lavagem de dinheiro, que era repassado a André Fantoni.

Este, por sua vez, repassaria a parte dos outros agentes tributários, mas ficava com a maior parte do montante. Dos R$ 1,8 milhão pago pela Caramuru Alimentos S/A, R$ 180 mil ficou com Themystocles, R$ 1,2 milhão ficou com André e o restante teria sido dividido entre Alfredo e Farley, conforme consta nos autos.
 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 09 de abril de 2018

18:08 - Dono da Caramuru vira delator e devolverá R$ 1 milhão para ficar livre

Sexta, 26 de janeiro de 2018

10:05 - Juiz manda tirar tornozeleira de agente da Sefaz réu por corrupção

Segunda, 27 de novembro de 2017

16:32 - STJ rebaixa fiança de servidor da Sefaz para R$ 100 mil

Terça, 14 de novembro de 2017

10:11 - Ministro do STJ suspende pagamento de fiança de agente da Sefaz

Segunda, 23 de outubro de 2017

16:55 - Juiz decreta sigilo em ação que apura fraude milionária na Sefaz

Quarta, 11 de outubro de 2017

11:30 - Confesso, delator por fraudes na Sefaz pede absolvição sumária

Quinta, 05 de outubro de 2017

16:51 - Juiz marca primeira audiência da operação Zaqueus

Terça, 12 de setembro de 2017

12:50 - Adjunto da Sesp é gravado prometendo ajuda à esposa de preso

Terça, 05 de setembro de 2017

16:15 - TJ parcela em 4 vezes fiança de agente da Sefaz preso por corrupção

Terça, 15 de agosto de 2017

17:17 - STF nega liberdade a agente de tributos e mantém fiança de R$ 430 mil


// leia também

Terça, 24 de abril de 2018

00:15 - MP denuncia 7 políticos flagrados em vídeos de Silval recebendo maços de dinheiro

Segunda, 23 de abril de 2018

19:17 - Desembargador Marcos Machado propõe a criação de novas varas - veja vídeos

16:04 - TJ nega pedido de desbloqueio de dinheiro feito por esposa de Faiad

13:30 - Juiz quer saber se criança depende de médica que matou verdureiro

11:30 - Com ajuda de intérprete, processo de viúva haitiana é solucionado em Sorriso

11:00 - José Riva tentou fazer delação premiada, mas MPE rejeitou

10:38 - Pedro Henry é condenado por descumprir ordem judicial

10:02 - Delação premiada é cogitada na Operação Bereré por propinas no Detran

08:55 - Justiça decreta sigilo em ação contra réus por rombo de R$ 143 milhões

08:05 - MPE investiga servidor que recebeu salário de vereador e não devolveu


 veja mais
Cuiabá, Terça, 24/04/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 24/04/2018
F07df325ee82be3e6dacdf41b9f307dc anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Brasil deveria fechar a fronteira com a Venezuela?




Logo_classifacil









Loja Virtual