Quarta, 19 de abril de 2017, 13h05

CASTELO DE AREIA

Desembargador suspende audiência contra casal de 'golpistas'

Celly Silva, repórter do GD


Divulgação/ Polícia Civil

Shirlei e Walter são acusados de aplicar golpes em empresários. 

O desembargador Orlando Perri, da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), suspendeu a audiência que seria realizada na tarde desta quarta-feira (19), na ação penal decorrente da Operação Castelo de Areia, em que figuram como réus o casal Walter Dias Magalhães Júnior e Shirlei Aparecida Matsuoka Arrabal.

O trancamento ocorreu atendendo ao pedido do advogado Jorge Godoy, que está acamado por conta de uma lombomialgia e conta com atestado médico de cinco dias. Tal documento foi protocolado junto à 7ª Vara Criminal, onde tramita o processo, na tentativa de suspender a audiência que já foi realizada na última segunda-feira (17).

Naquela ocasião, a juíza Selma Rosane Santos Arruda indeferiu o pedido impetrado pela advogada Caroline Amorim de Sá (a pedido de Jorge Godoy) e nomeou o advogado Claudino Aleixo Júnior para representar os réus no ato. Segundo ela, este era o segundo pedido de adiamento feito por Godoy na ação ao mesmo tempo em que recorria da prisão de seu cliente com alegação de excesso de prazo. 

Tanto Walter quanto Shirlei se mostraram incomodados com a situação. Walter aceitou conversar em apartado com o advogado para falar rapidamente sobre o processo. Já Shirlei se negou. “Não tenho nada para conversar com ele”, disse à magistrada na ocasião.

Ao Gazeta Digital, o advogado Jorge Godoy explicou que mesmo respeitando o advogado nomeado pela juíza Selma Arruda, não considera válida aquela audiência. Por isso, além da suspensão da agenda desta quarta-feira (19), também pediu a anulação da que ocorreu na segunda-feira (17). O primeiro pedido foi atendido por Orlando Perri. O segundo, não.

“Como você fala em defesa, se os réus estavam indefesos? Tanto que o advogado nomeado nem fez perguntas às testemunhas de acusação. Cerceamento de defesa é um absurdo”, comentou.

Castelo de Areia

A operação foi deflagrada no ano passado pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e pelo Grupo Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), que investigam fraudes milionárias aplicadas em empresários que buscavam por meio do Grupo Soy, empréstimos internacionais para investir nos mais diversos segmentos do mercado. 

A ação teve como alvo não só o casal, mas também o ex-vereador João Emanuel Moreira Lima, o pai e o irmão dele, Irênio Lima e Lázaro Moreira Lima, além  de Marcelo de Melo, Evandro Goulart e Mauro Chen, que respondem em processo apartado. Segundo a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), todos eles fariam parte da empresa de fachada usada para ludibriar as vítimas. 

Walter Dias atualmente está preso. Já esposa dele, Shirlei  Aparecida Matsuoka Arrabal, também foi presa na operação, mas conseguiu liberdade por decisão da própria juíza Selma Rosane Santos Arruda. 

Confira a decisão do desembargador:

"(...) ,DEFIRO EM PARTE a liminar vindicada apenas para suspender a realização da audiência instrutória designada para data de hoje (19/4/2017), nos autos da ação penal n. 38145-60.2016.811.0042 – código 466619, mantendo válido, por ora, o ato processual praticado em 17/4/2017, bem como das demais audiências designadas, desde que não haja, obviamente, a inversão na ordem de oitiva dos depoimentos das testemunhas de acusação e de defesa, hábil a ensejar possível nulidade processual. Comunique-se, imediatamente e com urgência, a autoridade coatora, inclusive mediante contato telefônico, encaminhando-se fotocópia da presente decisão. Requisitem-se as informações necessárias e, após, colha-se a manifestação da Procuradoria-Geral de Justiça. Publique-se. Cumpra-se. Cuiabá, 19 de abril de 2017.Desembargador ORLANDO DE ALMEIDA PERRI, Relator.(...)"
 



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 25 de abril de 2017

15:51 - Parecer do MP descarta suspeição e respalda 'direitos políticos' de juíza

Segunda, 17 de abril de 2017

17:11 - Zeca Viana viajou ao Chile com 'golpista' e vítimas de fraude

Domingo, 16 de abril de 2017

10:35 - Juíza Selma Arruda ouve vítimas, testemunhas e casal de 'golpistas'

Terça, 04 de abril de 2017

16:05 - Perri admite suspeição de João Emanuel contra Selma Arruda

Quinta, 30 de março de 2017

17:33 - Juiz e filho advogado negam golpes milionários e se dizem vítimas

Segunda, 20 de março de 2017

14:20 - Perri nega liberdade a golpista após 'fazenda fantasma' como fiança

Quarta, 15 de março de 2017

09:09 - Empresário dá fazenda 'fantasma' e segue preso

Terça, 14 de março de 2017

18:20 - 'Sou apenas uma peça da campanha política da juíza', diz João Emanuel

16:04 - Emanuel nega crimes, culpa o estelionatário Walter e lamenta calote

Segunda, 13 de março de 2017

20:14 - Desembargador determina soltura de 'comparsa' de ex-vereador


// leia também

Sexta, 28 de abril de 2017

17:44 - Zuquim nega pedido do TCE para acessar dados da Sefaz

17:03 - Supremo dá prazo para PF investigar Maggi

16:44 - Perícia aponta superfaturamento em contratos de prefeitura

15:53 - Selma autoriza uso de drone do Comando Vermelho pela PCE

12:31 - Advogado Francisco Faiad pede aposentadoria compulsória de juíza Selma Arruda

Quinta, 27 de abril de 2017

18:30 - Desembargador José Zuquim decide 'briga' entre TCE e governo

17:43 - Na Justiça, Chapada recupera território perdido para 2 municípios

16:48 - TJ permite retorno de contador acusado de assediar servidoras

16:46 - MPF processa União e Estado e pede R$ 129 milhões para indígenas

10:04 - TCE delimita uso dos recursos do Fethab para ações da agricultura familiar


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 28/04/2017
 

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Sexta, 28/04/2017
F11e1657f97c78790d6878fc4f8a4f93 anteriores




Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O desemprego subiu no Brasil este ano e já atinge 14,2 milhões de pessoas. Na sua opinião, a crise vai demorar a passar?



Logo_classifacil









Loja Virtual