Supremo arquiva inquérito contra Nilson Leitão | Gazeta Digital

Segunda, 16 de abril de 2018, 18h22

fraudes em licitações

Supremo arquiva inquérito contra Nilson Leitão


Otmar de Oliveira

Nilson Leitão

Mnistro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou arquivar um inquérito instaurado contra o deputado federal Nilson Leitão (PSDB) para apurar possível crime de responsabilidade e fraude à licitação.

Os fatos que eram investigados no inquérito remetem à época em que Leitão era prefeito de Sinop entre 2000 e 2004.

No entanto, o ministro entendeu que mesmo se Leitão fosse condenado lá na frente, não teria como ser punido por causa da prescrição, resultado do longo tempo que se passou após entre o fato.

Desde a época dos fatos se passaram mais de 16 anos ao passo que a pena máxima prevista em lei para os crimes de responsabilidade contra prefeitos e vereadores é de 12 anos de prisão com prescrição justamente em 16 anos.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Segunda, 16 de julho de 2018

19:52 - Lei proíbe narguilé em locais públicos de Cuiabá

12:03 - Vereadores entram de recesso para repor energias

11:49 - Câmara suspende reunião da CPI da Saúde

10:32 - Silval escolhe Pedro Taques como alvo principal

Sexta, 13 de julho de 2018

20:04 - Motorista xinga empresa de pedágio de deputado

18:40 - Procuradora reafirma cassação de vereadores

14:05 - MP orienta veículos sobre proibições eleitorais

Quinta, 12 de julho de 2018

19:13 - 'Tem gente que faz o diabo para vencer, diz Taques

17:59 - Pedro Taques é chamado de mentiroso em vídeo

16:07 - Juiz impõe proibições a vereador preso com arma


 ver todas as notícias
Cuiabá, Segunda, 16/07/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 16/07/2018
9f9f40805dad392c56e3de9c5f02d729 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Por que Luciano Huck, Datena e Roberto Justus desistiram da política?




Logo_classifacil









Loja Virtual