OAB-MT quer divulgação de gravações contra Temer | Gazeta Digital

Quinta, 18 de maio de 2017, 16h48

AMPLA DEFESA

OAB-MT quer divulgação de gravações contra Temer


João Vieira

A OAB de Mato Grosso, sob a presidência de Leonardo Campos, se manifestou sobre as denúncias contra o presidente Michel Temer (PMDB) acusado de ter agido para obstruir as investigações da Operação Lava Jato apoiando o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB) em troca de dinheiro para evitar qualquer acordo com o Ministério Público Federal (MPF) e com a Justiça.

Em nota, a instituição defendeu que a sociedade brasileira, em nome de seu direito à ampla defesa, precisa ter acesso ao conteúdo integral das gravações mencionadas pela imprensa.

Trata-se do episódio envolvendo os empresários e irmãos Joesley e Wesley Batista donos da JBS/Friboi que afirmaram em delação premiada que gravaram uma conversa com Temer onde o presidente apoiou pagamento de uma mesada a Eduardo Cunha em troca do seu silêncio.

Confira a íntegra da nota

A Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Mato Grosso (OAB-MT) reitera seu repúdio a qualquer forma de obstrução da Justiça. Em sua trajetória como advogada da sociedade, a Ordem jamais se calará diante de qualquer ato que possa violar ou até mesmo intentar contra os princípios basilares da ampla defesa e do contraditório.

Não seria diferente neste novo e triste capítulo da história do país que veio à tona, por meio da imprensa, nesta quarta-feira (17). Diante da natureza gravíssima do fato noticiado quanto aos atos praticados pelas mais altas autoridades do país, envolvendo o presidente da República e senadores, a OAB-MT se une à voz da sociedade, cobrando respostas, esclarecimentos imediatos e providências.

Há muito lutamos contra a impunidade e bradamos o clamor social para virarmos as páginas sombrias de nossa história política. Não existe mais espaço, após tantas lutas, para admitir dúvidas desta natureza acerca de nossas autoridades.

Uma democracia representativa se consolida quando está a altura dos cidadãos e cidadãs que representa. E o povo brasileiro já demonstra que não tolera mais corrupção, improbidade e desgoverno.

Nosso guia é a Constituição da República e é pela sua salvaguarda que vamos continuar lutando.

A sociedade brasileira, em nome de seu direito à ampla defesa, precisa ter acesso ao conteúdo integral das gravações mencionadas pela imprensa.

Não vamos nos calar ou sequer aceitar falta de rigor e celeridade na apuração desses fatos.

Outrossim, em nome das democracia, o direito à ampla defesa deve ser resguardo a todos os cidadãos, inclusive aos acusados.

Afinal, a Segurança Jurídica é imprescindível, especialmente num momento tão delicado como este.

Diante das suspeitas que pairam sobre autoridades em todas as esferas da federação, clamamos por todas as forças, sociedade, Judiciário, Legislativo e Executivo, para que ajam sob a égide da Carta Magna.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Domingo, 22 de outubro de 2017

14:03 - Certo da rejeição da 2ª denúncia, Planalto investe em clima de 'página virada'

Sexta, 20 de outubro de 2017

08:28 - Governo tende a elevar gastos no restante do ano com arrecadação em alta

08:13 - Michel Temer vai exonerar mais oito ministros para votação de denúncia

Quinta, 19 de outubro de 2017

12:45 - PSDB não deve entregar novos votos pró-Temer

12:32 - Base já espera queda de apoio no plenário

08:13 - Plenário da Câmara deve votar denúncia de Temer na quarta-feira

08:00 - Temer diz que decreto de transplantes é mais importante que CCJ

Quarta, 18 de outubro de 2017

21:34 - Temer permite que não casados autorizem doação de órgãos

08:21 - Comissão na Câmara retoma hoje análise da denúncia contra Temer

Terça, 17 de outubro de 2017

11:33 - Indicações de Temer mudam perfil do Cade e provocam críticas


// leia também

Sexta, 20 de outubro de 2017

20:55 - Prefeito aguarda Justiça decidir se ele retorna

20:22 - Prefeitura diz que não fez novo repasse extra

18:23 - Câmara recontrata grávidas e mais 3 demitidos

17:20 - Chumbo grosso aguarda Pedro Taques em 2018

15:20 - Sem a grampolândia, delegados saem de cena

Quinta, 19 de outubro de 2017

21:05 - Acidente de carro mata ex-presidente de Câmara

19:53 - PM entregou imagens de encontro e muitos prints

19:06 - Valdir Piran se livra da tornozeleira eletrônica

17:37 - Deputado Gilmar Fabris emagrece 13 kg na prisão

16:01 - Governo lamenta morte de idoso vítima de infarto


 ver todas as notícias
Cuiabá, Domingo, 22/10/2017
 
Facebook Instagram
GDEnem

Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 22/10/2017
D3e2a447985aa5e9b6e52041918b0ea4 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Deputados tentam reunião com presidente do STF para ajudar Gilmar Fabris, que está preso




Logo_classifacil









Loja Virtual