Delegado da Polícia Civil chefe das especializadas do Rio é preso pela Lava Jato | Gazeta Digital

Terça, 13 de março de 2018, 11h35

Delegado da Polícia Civil chefe das especializadas do Rio é preso pela Lava Jato


Estadao

O diretor do Departamento Geral de Polícia Especializada do Rio, delegado Marcelo Luiz Santos Martins, foi preso preventivamente durante operação da Lava Jato do Rio desta terça-feira, 13, denominada Pão Nosso. Ele é acusado de participar de um suposto esquema de desvio de dinheiro público em contratos da Secretaria de Administração Penitenciária do Rio (SEAP).

Segundo o pedido de prisão do Ministério Público Federal (MPF), Marcelo e o seu pai, Carlos Mateus Martins, que também foi alvo de prisão preventiva, atuaram no esquema por meio da empresa Finder Executive Consulting, em que são sócios. A empresa teria ajudado a lavar dinheiro oriundo do esquema de fraudes em contratos de fornecimento de alimentação (quentinhas, café da manhã e lanches) para os mais de 50 mil presos do Estado.

O MPF sustenta ainda que Marcelo ‘possuía estreita ligação‘ com Ary Ferreira da Costa Filho, um dos operadores financeiros do suposto esquema do ex-governador do Rio, Sérgio Cabral (MDB). As conclusões partiram de depoimentos de outro operador de Cabral, Carlos Miranda, que fechou delação premiada. Miranda afirmou que conheceu ‘Marcelinho‘ por meio d Ary e que este lhe afirmou que fazia pagamentos mensais ao delegado no valor de R$ 5 mil.

De acordo com o depoimento, Ary apresentou o delegado a Miranda como sendo policial e que seria uma pessoa na polícia com quem poderia contar em eventual necessidade. De acordo com o MPF, como delegado da polícia civil, Marcelo ainda auxiliava organização criminosa dando-lhe o apoio na área.

O chefe da especializadas tem o papel de comandar a elite da Polícia Civil do Rio, como a Coordenadoria de Recursos Especial (CORE), principal força tática do órgão e outras 26 delegacias. Quando o esquema operou, Marcelo ainda não ocupava o cargo.

Além de Marcelo e o seu pai, há outros 12 mandados de prisão, entre eles o do ex-secretário estadual de Administração Penitenciária (Seap) e coronel da Polícia Militar, Cesar Rubens Monteiro de Carvalho, e o ex-secretário adjunto de tratamento penitenciário, Marcos Vinicius Lips. As ordens foram assinadas pelo juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 19 de junho de 2018

11:59 - Após reação negativa, deputados retiram apoio à criação de CPI contra Lava Jato

08:49 - PF indicia Marcelo Miller, Joesley Batista e mais três por corrupção

08:45 - Senadora Gleisi Hoffman será julgada hoje no STF por corrupção

Segunda, 18 de junho de 2018

16:18 - Conselho de Ética da Câmara deve instaurar processo contra Nelson Meurer

09:11 - Ministro do TCU vê 'carteirada' de Moro ao limitar provas da Lava Jato

Sábado, 16 de junho de 2018

11:34 - Justiça Federal aceita 24ª denúncia contra ex-governador Sérgio Cabral

Quarta, 13 de junho de 2018

13:18 - Em carta a prefeitos, Lula diz que PEC do teto inviabilizará gestão das cidades

12:40 - Ações cíveis da Lava Jato tramitam em ritmo lento

10:41 - PT e MDB também vão responder por improbidade

09:12 - Ministro do STJ nega mais um recurso de Lula para deixar prisão


// leia também

Terça, 19 de junho de 2018

13:46 - Em vídeo, Gleisi afirma que denúncia no STF é perseguição contra PT

13:36 - Em nova campanha, Temer vincula impopularidade à crise de governos passados

12:00 - Procurador aponta 9 itens que incriminariam Capez na Máfia da Merenda

Segunda, 18 de junho de 2018

17:30 - Justiça condena Marcos Valério a 16 anos e 9 meses de prisão no mensalão mineiro

17:15 - Promotoria arquiva inquérito de caixa dois na campanha de Mercadante

16:25 - Alckmin afina alianças do PSDB com PSD em jantar na casa de Kassab

16:04 - Não seria demais falar que quase tudo está errado no Brasil, diz Bolsonaro

13:30 - Cármem Lúcia assume a Presidência da República

13:18 - Alckmin diz que apoio de Temer seria honroso, mas lembra que MDB tem candidato

12:30 - Polícia Civil investiga ações do ex-senador Luiz Estevão na Papuda


 veja mais
Cuiabá, Terça, 19/06/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 19/06/2018
469cf77038290f16bf38d5b8552ee12d anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Por que a vacinação de crianças no país atingiu o índice mais baixo em 16 anos?




Logo_classifacil









Loja Virtual