Supremo decide hoje se tribunais regionais podem cassar eleitos | Gazeta Digital

Quarta, 07 de março de 2018, 08h44

Antigo recurso

Supremo decide hoje se tribunais regionais podem cassar eleitos


R7

O plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) vai julgar nesta quarta-feira (7) se os TREs (Tribunais Regionais Eleitorais) podem cassar o mandato de governadores, senadores e deputados estaduais e federais.

A discussão foi levantada pelo PDT (Partido Democrático Trabalhista), que questiona a competência do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para cassar mandatos.


STF vota sobre questões eleitorais nesta quarta (7) 

Os TREs são cortes de segunda instância da Justiça Eleitoral nos Estados e, de acordo com o atual entendimento da Justiça, os recursos para cassar mandatos desses políticos só podem ser apresentados ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que é a terceira e mais alta instância da Justiça Eleitoral.

Com uma eventual mudança, os políticos desses cargos têm mais chance de serem empossados e manterem os mandatos caso a eleição seja contestada. Isso porque criaria uma instância inferior que avaliaria os recursos da defesa.

A ação que questiona a competência do TSE para cassar mandatos está no STF desde 2009. O então relator do processo, ministro Eros Grau, que está aposentado, concedeu uma liminar para suspender a tramitação de todos os pedidos de cassação contra políticos que ocupam tais cargos, que forem feitas diretamente ao TSE, sem passar por instâncias anteriores (os tribunais regionais eleitorais).

Ainda em 2009, a maioria do STF manteve o entendimento de que a competência para julgar os recursos sobre cassação de mandatos de governadores, senadores e deputados estaduais e federais é do TSE. Com a decisão, o plenário cassou a liminar e manteve a no TSE a tramitação dos recursos.

 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 18 de junho de 2018

16:25 - Alckmin afina alianças do PSDB com PSD em jantar na casa de Kassab

16:04 - Não seria demais falar que quase tudo está errado no Brasil, diz Bolsonaro

13:18 - Alckmin diz que apoio de Temer seria honroso, mas lembra que MDB tem candidato

10:41 - Alvaro Dias recusa apoiar candidatura de irmão no Paraná

08:22 - Na Bahia, Rui Costa enfrentará temas espinhosos na campanha

Sábado, 16 de junho de 2018

13:30 - Marco Aurélio afirma que ato ressoa como censura

09:51 - CNJ proíbe manifestações políticas de juízes nas redes

09:34 - Parlamentares pedem cota para candidata negra

Sexta, 15 de junho de 2018

09:22 - Apresentador Luiz Datena se candidata a ser o novo outsider

Quinta, 14 de junho de 2018

12:30 - Partidos pagam salários de até R$ 27 mil


// leia também

Quarta, 20 de junho de 2018

17:00 - Discussão sobre restrição de foro é retomada na Corte Especial do STJ

16:45 - STF decide que polícia pode fechar acordos de colaboração premiada

14:12 - Ciro e Maia se encontram, mas não fecham decisão sobre aliança

13:58 - Notícias falsas podem colocar eleições em risco, diz presidente do TSE

13:30 - Sem acordo, ação sobre auxílio-moradia vai ao Supremo

12:45 - STF determina que Ivo Cassol (RO) cumpra de imediato pena em regime aberto

12:15 - Delúbio é transferido para prisão da Lava Jato no Paraná

08:47 - Supremo retoma julgamento sobre poder de delegados para negociar delações

08:32 - STF absolve Gleisi por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro

Terça, 19 de junho de 2018

19:00 - Rosa Weber arquiva inquérito contra deputado federal Paes Landim


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 20/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 20/06/2018
845f3eba647f5498546cb197c3e58484 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual o futuro de Neymar nessa Copa do Mundo?




Logo_classifacil









Loja Virtual