Deputado acumula faltas na Câmara para chefiar viagem da seleção brasileira | Gazeta Digital

Quarta, 11 de outubro de 2017, 21h28

vice-presidente da CBF

Deputado acumula faltas na Câmara para chefiar viagem da seleção brasileira


Estadao

O deputado federal Marcus Vicente (PP-ES) tem faltado aos compromissos da Câmara desde o dia 3 deste mês para ‘servir‘ a seleção brasileira. O parlamentar é também vice-presidente da CBF e foi convidado pelo presidente da entidade, Marco Polo Del Nero, para ser o chefe da delegação nos jogos contra Bolívia, em La Paz, e Chile, em São Paulo, pelas Eliminatórias da Copa.

Segundo o site da Câmara de Deputados, nesses últimos dias Vicente não tem marcado presença nas sessões no plenário, participado de votações ou frequentado reuniões de comissões da casa sob a alegação de estar em ‘missão autorizada‘. A justificativa faz as ausências não serem passíveis de descontos nos vencimentos.

A reportagem do Estado viu o deputado na tribuna de convidados do estádio Hernando Siles, em La Paz. Vicente também esteve no Allianz Parque na última terça-feira para acompanhar a vitória sobre o Chile por 3 a 0, pela última rodada das Eliminatórias.

A assessoria de imprensa do deputado explicou que a viagem foi autorizada pela Câmara e que ele continuará a receber o salário integral, sem custo extra de passagens e diárias. Em nota, Vicente afirmou que a ‘Comissão de Constituição e Justiça da Câmara já deliberou sobre o tema e deixou claro que não há incompatibilidade para exercer a função de vice-presidente da CBF e de deputado federal concomitantemente‘.

Em novembro de 2015, Vicente também viajou para acompanhar duas partidas da seleção brasileira pelas Eliminatórias, contra Argentina, em Buenos Aires, e Peru, em Salvador. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Terça, 17 de outubro de 2017

15:05 - Maia diz que divulgar vídeos de Funaro não afeta relação com Temer

14:56 - Temer diz que 'nada atrapalha' a votação de amanhã de segunda denúncia da CCJ

13:30 - Adiar votação sobre afastamento é 'constrangedor', diz Randolfe

12:43 - Fachin entende que inquérito contra Maia não está ligado à Lava Jato

12:16 - CCJ discute parecer pela inadmissibilidade de denúncia contra Temer

12:02 - STF determina que votação sobre afastamento de Aécio será aberta

11:44 - Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

11:33 - Indicações de Temer mudam perfil do Cade e provocam críticas

10:56 - MST ocupa prédio do Ministério do Planejamento, em Brasília

10:23 - Por Aécio, Senado deve adiar votação de afastamento


 veja mais
Cuiabá, Terça, 17/10/2017
 
Facebook Instagram
GDEnem

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 17/10/2017
D2bab0a64433d8a82c0d6ba1796fedd3 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Executivo não irá encaminhar um novo projeto de suplementação orçamentária à Câmara.




Logo_classifacil









Loja Virtual