Para Temer, áudio de conversa com dono da JBS confirma sua inocência | Gazeta Digital

Sexta, 19 de maio de 2017, 07h45

Política Nacional

Para Temer, áudio de conversa com dono da JBS confirma sua inocência


Estadao

O presidente Michel Temer ouviu na noite desta quinta-feira (18), na companhia de assessores, o áudio gravado pelo empresário Joesley Batista. Após ouvir o áudio, o entendimento de Temer e sua equipe é de que o conteúdo da conversa não incrimina o presidente, confirmando a nota divulgada pelo Palácio do Planalto na noite de ontem (17) e o pronunciamento da tarde de hoje (18).

O áudio tem 38 minutos. Na conversa, Temer e Batista conversam sobre o cenário político, os avanços na economia e também citam a situação de Cunha (PMDB-RJ), que está preso em Curitiba. O entendimento do governo é que a frase dita por Temer “tem que manter isso, viu?” diz respeito à manutenção do bom relacionamento entre Cunha e Batista, e não a um suposto pagamento de mesada pelo silêncio do ex-deputado.

A expectativa do governo é que o STF investigue e arquive o inquérito. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quarta, 20 de setembro de 2017

13:15 - Joesley contratou empresa de delegado que atuou no caso Marcela Temer

12:52 - Entrega dos novos áudios de delatores foi uma 'casca de banana'

12:13 - Defesa de Temer volta a pedir ao STF que devolva denúncia à PGR

Terça, 19 de setembro de 2017

19:30 - Lula e Gilberto Carvalho se tornam réus por corrupção passiva

Segunda, 18 de setembro de 2017

16:22 - Investigados da Lava Jato 'compraram' visto europeu, diz jornal

Domingo, 17 de setembro de 2017

10:35 - Supremo prevê relação menos tensa com Dodge

Sexta, 15 de setembro de 2017

21:40 - Defesa recorre ao STJ com novo UC contra prisão dos irmãos Batista

20:09 - Após audiência de custódia, Joesley Batista ficará preso na PF em SP

19:10 - Cunha chega a Brasília, onde vai depor em processo sobre desvios

17:56 - Prisão vai impedir Wesley de voltar a práticas ilícitas, afirma juíza


// leia também

Quarta, 20 de setembro de 2017

13:03 - Relator da CPMI da JBS admite convocar delatados, mas descarta ouvir Temer

12:37 - Comando do Exército diz que não vai punir general que pregou intervenção militar

12:25 - Randolfe Rodrigues pede ao Supremo que suspenda CPMI da JBS

Terça, 19 de setembro de 2017

23:30 - Mulher de Cabral fez 11 compras de joias, maioria sem nota fiscal

22:15 - Fachin rejeita pedido da defesa de Temer e mantém denúncia no STF

21:19 - Senado aprova em segundo turno PEC do Simples Municipal

20:58 - Câmara conclui votação de MP que prevê renegociação de dívidas

20:46 - Mulher de Cabral fez 11 compras de joias, maioria sem nota fiscal

17:13 - STF mantém com Moro delação da Odebrecht que incrimina Gim Argello

16:20 - Lula quis evitar vizinhos indesejados, diz 'compadre'


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 20/09/2017
 
Facebook Instagram
GDEnem

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 20/09/2017
Ca366c85786e904951ca9343d5674919 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Deputados citados nas delações de Silval Barbosa não farão mais parte da Comissão de Ética da AL




Logo_classifacil









Loja Virtual