Sexta, 21 de abril de 2017, 10h06

STJ nega suspender processo contra Adriana Ancelmo


Estadao

A ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Maria Thereza de Assis Moura negou um pedido de liminar feito pela ex-primeira dama do Estado do Rio de Janeiro Adriana Ancelmo, que buscava a suspensão do processo em que é ré na 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. Adriana Ancelmo foi presa em 6 de dezembro junto com o marido - o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral - na Operação Calicute, e se encontra em regime de prisão domiciliar.

A ex-primeira dama do Rio de Janeiro questionava no STJ uma decisão do Tribunal Regional Federal da 2ªRegião (TRF2), que reconheceu a prevenção da 7ª Vara para o processamento e julgamento do caso dela. O TRF2 concluiu pela existência de conexão entre os fatos imputados a Adriana Ancelmo no processo criminal decorrente da operação Calicute e os relativos a processos originários de duas outras investigações, em que supostamente também participavam integrantes da organização criminosa que atuava no esquema de corrupção no governo do Rio.

A defesa alega que, entre os diversos processos resultantes das investigações, não havia relação - seja por conexão ou continência - que justifique não distribuir a ação penal da ex-primeira dama livremente por sorteio, refutando, portanto, a prevenção do citado juízo de primeiro grau. No mérito do recurso, a defesa pede o reconhecimento da incompetência do juízo da 7ª Vara e, na liminar, pretendia suspender o processo até o julgamento final do recurso.

A ministra Maria Thereza de Assis Moura disse que as questões levantadas pela defesa são complexas e exigem uma análise detalhada dos autos, e que isso deveria ser feito pelo órgão colegiado competente. Até que seja apreciado o recurso pela Sexta Turma do STJ, o processo prossegue normalmente na 7Ð Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. O julgamento ainda não tem data definida. (Breno Lemos Pires)
 



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Sexta, 28 de abril de 2017

18:22 - Gilmar Mendes manda soltar Eike Batista

17:10 - Renan Calheiros afirma estar 'tranquilo' com nova fase da Lava Jato

16:49 - 'Se o Temer tivesse me ouvido, ele não tinha dado o golpe', diz Lula

15:18 - STF marca para terça-feira julgamento que pode libertar José Dirceu

15:17 - Juízes e policiais federais fazem ato no Rio em apoio à Operação Lava Jato

11:51 - Diagnóstico atual do Planalto é de baixa adesão aos protestos

11:44 - Senado realiza sessão de debates com apenas dois parlamentares

11:42 - Lava Jato aprofunda investigação sobre desvios na Transpetro

11:39 - Governo vê fracasso de greve geral até o momento, diz Serraglio

11:38 - Braço direito de Cabral diz a Moro ter dinheiro em casa 'por questão pessoal'


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 28/04/2017
 

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Sexta, 28/04/2017
F11e1657f97c78790d6878fc4f8a4f93 anteriores




Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O desemprego subiu no Brasil este ano e já atinge 14,2 milhões de pessoas. Na sua opinião, a crise vai demorar a passar?



Logo_classifacil









Loja Virtual