Doria já está puxando o tapete de Alckmin, diz Chinaglia em Lisboa | Gazeta Digital

Quinta, 20 de abril de 2017, 11h28

Doria já está puxando o tapete de Alckmin, diz Chinaglia em Lisboa


Estadao

O deputado Arlindo Chinaglia (PT) avaliou nesta quinta-feira, 20, que o prefeito de São Paulo, João Dória, vai concorrer à Presidência da República, apesar de suas recentes afirmações de que permanecerá à frente da administração da maior cidade do País. ‘A essa altura, tudo indica que ele só não é perfeito porque é modesto, porque ele já está achando o governo do Estado pouco para ele. Acho que ele já está puxando o tapete do Alckmin (governador de São Paulo, Geraldo Alckmin), que é o padrinho dele‘, disse ele a jornalistas.

O deputado, que conversou com a imprensa após participar de um seminário na área jurídica em Lisboa, citou a rejeição do prefeito, de 32%, segundo pesquisa publicada nesta quinta pelo jornal O Estado de S. Paulo. ‘O Lula (ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva) tem a maior intenção de votos‘, citou sobre o líder petista.

Para Chinaglia, a rejeição ao tucano ainda tende a subir nos próximos meses. ‘Ele acha que só ele é esperto na face da Terra, tem rejeição (de 32% segundo a mostra) e o marketing dele ainda não fez todo o efeito que imagino que vai ter. Acho que vai subir mais (a rejeição) porque essa coisa tem limite‘, declarou.

Na avaliação do parlamentar, foi descabida a abertura do teor da conversa que o prefeito teve na quarta-feira, 19, com o Papa Francisco. No encontro, ele disse que pediu ao pontífice que revisse sua posição e fosse ao Brasil em outubro para comemorar os 300 anos da padroeira do País, Nossa Senhora de Fátima.

‘O Doria coloca o Papa na roda e se acha tão esperto. Se quer que o Papa vá (ao Brasil), não devia ter divulgado a conversa. Coloca o Papa numa situação ruim: se ele for, é porque o Doria pediu e, se não for , é porque não teve a sensibilidade que o Doria achou que ele deveria ter.‘

Chinaglia também fez críticas a toda a atuação pública do prefeito. ‘Para quem diz que não é político... meu Deus‘, afirmou em relação ao fato de o tucano se declarar um gestor, e não um político. O deputado conversou com jornalistas após participar do último dia do V Seminário Luso-Brasileiro de Direito, realizado desde terça-feira, em Lisboa. O evento é promovido pela Escola de Direito de Brasília do Instituto Brasiliense de Direito Público (EDB/IDP) e pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (FDUL). 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 05 de dezembro de 2017

08:26 - Doria iguala Fernando Haddad e chega a 39% de reprovação como prefeito

Terça, 31 de outubro de 2017

16:44 - Doria propõe criação de frente partidária para enfrentar Lula e Bolsonaro

Segunda, 16 de outubro de 2017

12:15 - Doria elogia MBL, rejeita 'rótulo' de direita e defende suas viagens

Sexta, 18 de agosto de 2017

18:00 - Doria xinga Lula de 'preguiçoso' e covarde' em Fortaleza

Quarta, 16 de agosto de 2017

11:10 - Doria é recebido com protestos em Natal

Quinta, 27 de julho de 2017

10:09 - Doria diz que se esforçará pessoalmente para manter aliança com DEM

Segunda, 05 de junho de 2017

10:26 - Gestão Doria mantém aprovação estável, de 41%, diz pesquisa

Quarta, 17 de maio de 2017

11:31 - Em Nova York, Doria volta a atacar Lula e ressalta laços com Alckmin

Segunda, 15 de maio de 2017

08:12 - Doria diz que derrota de Lula em 2018 'sepultaria vitimização' do PT

Sexta, 12 de maio de 2017

11:42 - Pode me tirar fora do programa do PSDB, não tem problema, afirma Doria


// leia também

Segunda, 18 de dezembro de 2017

11:22 - TSE aprova regras eleitorais e deixa em aberto questões que geram dúvidas

11:20 - Reforma é tema do momento e governo continuará tentando a aprovação, diz Temer

10:05 - Medidas para tirar País da crise serão legado do PMDB para eleições, diz Moreira

09:45 - Promulgada lei que revoga artigos sobre autofinanciamento de campanha

09:22 - Meirelles flexibiliza discurso e inclui atenção à área social

08:02 - Em última semana antes do recesso, Câmara discute lobby e mortes no trânsito

06:40 - Justiça Eleitoral discutirá limite para autofinanciamento de candidatos

Domingo, 17 de dezembro de 2017

08:55 - Alckmin promete punir tucano que votar contra texto da Previdência

08:35 - PT vê risco de rebeldia popular sem petista em 2018

Sábado, 16 de dezembro de 2017

15:00 - Gilmar Mendes prevê dificuldades com fake news nas eleições de 2018


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 18/12/2017
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 18/12/2017
2460d513a351119a678ad6c5220f2984 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Que presente de Natal a cidade de Cuiabá mereceria esse ano?




Logo_classifacil









Loja Virtual