Quinta, 20 de abril de 2017, 11h27

Eventual volta de Lula em 2018 é dor de cabeça para Temer, diz Financial Times


Estadao

O eventual retorno do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que tem afirmado que pretende concorrer ao Palácio do Planalto em 2018, é mais uma ‘dor de cabeça‘ para o presidente Michel Temer, no momento em que o atual governo enfrenta dificuldades para aprovar a reforma da Previdência em curso na Câmara dos Deputados e tem integrantes envolvidos na ampla investigação de corrupção no Brasil, destaca o jornal britânico ‘Financial Times‘, em reportagem divulgada nesta quinta-feira, 20.

Citando um vídeo recente em que o líder do Partido dos Trabalhadores exalta seus oito anos à frente do poder, entre 2003 e 2010, quando a economia brasileira esteve entre as de maior crescimento no mundo, o ‘FT‘ diz que ‘o carismático‘ Lula ‘deu o pontapé inicial no que muitos acreditam que pode se tornar uma das mais notáveis tentativas de retomada política do Brasil‘. No vídeo, o petista ataca o governo Temer e faz críticas à reforma da Previdência. ‘Eles querem retirar os direitos dos trabalhadores e dificultar a aposentadoria‘, acusa o ex-presidente.

O FT salienta, no entanto, que Lula enfrenta investigações por corrupção em processo conduzido pelo juiz federal Sérgio Moro no âmbito da Lava Jato e que, se for condenado e a decisão for mantida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), se tornará inelegível em 2018, conforme a lei eleitoral brasileira.

O jornal britânico pontua também que grande parte da corrupção que tomou conta da Petrobras teve início durante o governo de sua sucessora, a ex-presidente Dilma Rousseff.

A reportagem lembra, por outro lado, que um dos delatores da Odebrecht afirmou à Procuradoria-Geral da República (PGR) na semana passada que Temer comandou em 2010, quando candidato a vice-presidente da República, uma reunião na qual se acertou pagamento de propina de US$ 40 milhões ao PMDB.

O ‘FT‘ pontua que a reforma da Previdência é vista como crucial para a sobrevivência política da base de Temer e para a recuperação da economia brasileira, que enfrenta a pior recessão de sua história.

Disputa eleitoral

Apesar da possibilidade de Lula se tornar inelegível, o FT deu destaque à pesquisa de intenções de voto da CNT/MDA divulgada no último sábado, 15, que revelou que, se as eleições presidenciais fossem hoje, o ex-presidente venceria a disputa com os demais adversários.

De acordo com o levantamento, o petista apresenta hoje 30,5% das intenções de votos contra 11,8% de Marina Silva; 11,3% do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ). A publicação lembra ainda que Lula chegou ao fim de seu mandato, em 2010, com 83% de aprovação depois de um boom econômico em que a classe média brasileira cresceu respondendo por quase metade da população.

O ‘Financial Times‘ ressalta também que, caso concorra novamente à Presidência no ano que vem, Lula pode ter que enfrentar ‘extraordinários‘ novos concorrentes, como o empresário e recém-eleito prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), citado como um ‘outsider‘ da política. ‘Assim como o presidente dos EUA, Donald Trump, Doria é um grande usuário de redes sociais que apresentou a versão brasileira do programa ’O Aprendiz’‘, compara a reportagem do FT. 



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 28 de abril de 2017

07:49 - Número de partidos tem de cair nas eleições de 2018, dizem analistas

Sábado, 22 de abril de 2017

10:19 - PT encolhe 27% e perde 1.120 diretórios municipais

10:07 - Resultado acirra disputas na sigla por suspeitas de fraudes

10:07 - Debate sobre corrupção deve ser adiado no PT

Quinta, 20 de abril de 2017

10:39 - Lula é o presidenciável com maior potencial de votos, afirma Ibope

10:36 - Se puder, serei candidato, diz Lula a rádio de Sergipe

Domingo, 16 de abril de 2017

10:08 - Nomes tradicionais ainda mantêm chances

10:06 - Presidenciáveis ensaiam discurso ético para 2018

Quarta, 29 de março de 2017

08:10 - PT desiste de adiantar anúncio de pré-candidatura de Lula

Terça, 28 de março de 2017

11:14 - Doria determina lei do silêncio sobre 2018


// leia também

Sexta, 28 de abril de 2017

18:22 - Gilmar Mendes manda soltar Eike Batista

17:10 - Renan Calheiros afirma estar 'tranquilo' com nova fase da Lava Jato

16:49 - 'Se o Temer tivesse me ouvido, ele não tinha dado o golpe', diz Lula

15:18 - STF marca para terça-feira julgamento que pode libertar José Dirceu

15:17 - Juízes e policiais federais fazem ato no Rio em apoio à Operação Lava Jato

11:51 - Diagnóstico atual do Planalto é de baixa adesão aos protestos

11:44 - Senado realiza sessão de debates com apenas dois parlamentares

11:42 - Lava Jato aprofunda investigação sobre desvios na Transpetro

11:39 - Governo vê fracasso de greve geral até o momento, diz Serraglio

11:38 - Braço direito de Cabral diz a Moro ter dinheiro em casa 'por questão pessoal'


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 28/04/2017
 

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Sexta, 28/04/2017
F11e1657f97c78790d6878fc4f8a4f93 anteriores




Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O desemprego subiu no Brasil este ano e já atinge 14,2 milhões de pessoas. Na sua opinião, a crise vai demorar a passar?



Logo_classifacil









Loja Virtual