Eventual volta de Lula em 2018 é dor de cabeça para Temer, diz Financial Times | Gazeta Digital

Quinta, 20 de abril de 2017, 11h27

Eventual volta de Lula em 2018 é dor de cabeça para Temer, diz Financial Times


Estadao

O eventual retorno do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que tem afirmado que pretende concorrer ao Palácio do Planalto em 2018, é mais uma ‘dor de cabeça‘ para o presidente Michel Temer, no momento em que o atual governo enfrenta dificuldades para aprovar a reforma da Previdência em curso na Câmara dos Deputados e tem integrantes envolvidos na ampla investigação de corrupção no Brasil, destaca o jornal britânico ‘Financial Times‘, em reportagem divulgada nesta quinta-feira, 20.

Citando um vídeo recente em que o líder do Partido dos Trabalhadores exalta seus oito anos à frente do poder, entre 2003 e 2010, quando a economia brasileira esteve entre as de maior crescimento no mundo, o ‘FT‘ diz que ‘o carismático‘ Lula ‘deu o pontapé inicial no que muitos acreditam que pode se tornar uma das mais notáveis tentativas de retomada política do Brasil‘. No vídeo, o petista ataca o governo Temer e faz críticas à reforma da Previdência. ‘Eles querem retirar os direitos dos trabalhadores e dificultar a aposentadoria‘, acusa o ex-presidente.

O FT salienta, no entanto, que Lula enfrenta investigações por corrupção em processo conduzido pelo juiz federal Sérgio Moro no âmbito da Lava Jato e que, se for condenado e a decisão for mantida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), se tornará inelegível em 2018, conforme a lei eleitoral brasileira.

O jornal britânico pontua também que grande parte da corrupção que tomou conta da Petrobras teve início durante o governo de sua sucessora, a ex-presidente Dilma Rousseff.

A reportagem lembra, por outro lado, que um dos delatores da Odebrecht afirmou à Procuradoria-Geral da República (PGR) na semana passada que Temer comandou em 2010, quando candidato a vice-presidente da República, uma reunião na qual se acertou pagamento de propina de US$ 40 milhões ao PMDB.

O ‘FT‘ pontua que a reforma da Previdência é vista como crucial para a sobrevivência política da base de Temer e para a recuperação da economia brasileira, que enfrenta a pior recessão de sua história.

Disputa eleitoral

Apesar da possibilidade de Lula se tornar inelegível, o FT deu destaque à pesquisa de intenções de voto da CNT/MDA divulgada no último sábado, 15, que revelou que, se as eleições presidenciais fossem hoje, o ex-presidente venceria a disputa com os demais adversários.

De acordo com o levantamento, o petista apresenta hoje 30,5% das intenções de votos contra 11,8% de Marina Silva; 11,3% do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ). A publicação lembra ainda que Lula chegou ao fim de seu mandato, em 2010, com 83% de aprovação depois de um boom econômico em que a classe média brasileira cresceu respondendo por quase metade da população.

O ‘Financial Times‘ ressalta também que, caso concorra novamente à Presidência no ano que vem, Lula pode ter que enfrentar ‘extraordinários‘ novos concorrentes, como o empresário e recém-eleito prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), citado como um ‘outsider‘ da política. ‘Assim como o presidente dos EUA, Donald Trump, Doria é um grande usuário de redes sociais que apresentou a versão brasileira do programa ’O Aprendiz’‘, compara a reportagem do FT. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 19 de janeiro de 2018

16:12 - Collor anuncia que é pré-candidato à Presidência da República pelo PTC

11:50 - Virgílio busca se contrapor a Alckmin em agenda liberal

Quinta, 18 de janeiro de 2018

11:21 - Legítimo se preocupar com potenciais adversários, diz Meirelles sobre Maia

Quarta, 17 de janeiro de 2018

11:33 - Pré-candidato do PSDB à Presidência, Alckmin cumpre agenda em Brasília

11:29 - Cai resistência a Bolsonaro no Exército

11:18 - Deputados tucanos defendem candidatura de Doria ao governo de SP

Terça, 16 de janeiro de 2018

08:54 - TSE vai buscar gigantes da internet para barrar fake news nas eleições

Segunda, 15 de janeiro de 2018

14:26 - Ao lado de Doria, Alckmin diz que sucessão em SP não está definida

11:47 - Vice de Alckmin, Márcio França busca apoio no PSDB

08:42 - Não sou candidato a presidente da República, afirma Rodrigo Maia em NY


// leia também

Sábado, 20 de janeiro de 2018

18:00 - PF diz que Cabral algemado segue 'protocolo de segurança'

12:00 - Ordem de penhora de triplex não emite juízo sobre propriedade, afirma juíza

08:36 - Raquel Dodge vai ao Reino Unido por combate à 'escravidão contemporânea'

08:25 - Marinha defende volta de auxílio-moradia a militar

Sexta, 19 de janeiro de 2018

21:00 - Defesa de Cabral diz que está 'estarrecida com espetáculo e crueldade'

18:42 - Alckmin veta ?Segunda sem Carne? e setor produtivo apoia medida

18:30 - Peritos federais descartam 'ação criminosa' na morte de Teori

18:10 - Sérgio Cabral tem a companhia de Vaccari, Cunha e Bendine

17:53 - Novo estatuto da Caixa prevê afastamento de executivos pelo conselho diretor

16:55 - Defesa de Michel Temer pede que inquérito seja encaminhado à PGR


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 20/01/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 20/01/2018
8606faf6320fa3698f4313217276d306 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Algum novato, de fora da política, pode surpreender nas eleições para presidente da República?




Logo_classifacil









Loja Virtual