Se puder, serei candidato, diz Lula a rádio de Sergipe | Gazeta Digital

Quinta, 20 de abril de 2017, 10h36

Se puder, serei candidato, diz Lula a rádio de Sergipe


Estadao

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quinta-feira, 20, que, ‘se puder‘, vai disputar o Palácio do Planalto pela sexta vez em 2018. Ele disse, porém, que terá de aguardar para a decisão. ‘Vamos esperar o tempo passar, para a gente saber quem é que pode ser candidato, se eu posso ser candidato, se não posso ser candidato‘, afirmou, sem explicar o que poderia impedir sua candidatura.

Lula é réu em cinco ações na Justiça e investigado na Operação Lava Jato. Se condenado e a decisão for confirmada em segunda instância, o petista fica inelegível.

Em entrevista à rádio Fan FM de Sergipe, Lula afirmou que será candidato ‘para ganhar, não para perder‘. ‘Já perdi a cota de eleições que tinha para perder‘, disse, referindo-se às eleições de 1989, 1994 e 1998. ‘Depois, eu aprendi a ganhar‘, afirmou o ex-presidente, eleito em 2002 e reeleito em 2006. ‘Se puder, serei candidato‘, enfatizou o petista.

Lula também foi questionado sobre uma eventual ‘chapa nordestina‘ para as eleições presidenciais ao lado de Ciro Gomes (PDT-CE) ‘É muito difícil dizer isso. Pelo que tenho visto na imprensa, o companheiro Ciro Gomes é candidato a presidente também‘, afirmou. ‘Ainda vai se apresentar muita gente‘, completou.

Sobre as duas pesquisas eleitorais divulgadas nesta semana, do Ibope e do Vox Populi/CUT, que afirmaram que Lula é o presidenciável com maior intenção de votos, o petista preferiu não comentar. ‘É muito cedo para a gente falar de pesquisa, ainda faltam praticamente dois anos para as eleições. Eu não gosto de comentar pesquisa‘, disse. ‘Estou convencido de que, se eu for convidado, tenho condições de ganhar as eleições porque eu sei como cuidar das pessoas mais humildes de regiões diferenciais. Não é teoria não, é prática.‘

Citado nas delações da Odebrecht, o ex-presidente não quis comentar as acusações e afirmou que prefere falar ao juiz Sérgio Moro no próximo dia 3, quando tem um depoimento marcado em Curitiba. ‘O que eu tiver que falar e o que eu penso, vou falar no dia 3. Não tenho que provar minha inocência, eles que vão ter que provar minha culpa‘, disse Lula. ‘Eu duvido que encontrem 50 centavos meus em algum lugar do mundo. Podem continuar investigado.‘

Na entrevista, o petista também fez críticas às reformas trabalhista e da Previdência, propostas pelo governo de Michel Temer (PMDB) e que tramitam no Congresso Nacional. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 15 de dezembro de 2017

10:34 - Alckmin é o mais equilibrado, mas não faz reformas, afirma CNI

Quinta, 14 de dezembro de 2017

08:18 - Congresso aprova R$ 1,7 bi para financiar as campanhas eleitorais

Quarta, 13 de dezembro de 2017

11:46 - Não quero ser candidato se for culpado, afirma Lula em reunião com bancadas

Terça, 12 de dezembro de 2017

11:37 - Joaquim Barbosa encontra deputados do PSB para discutir cenário para 2018

Sábado, 09 de dezembro de 2017

09:17 - Convenção do PSDB neste sábado marcará pré-lançamento de Alckmin à Presidência

09:06 - Gilmar Mendes monta força-tarefa anti-fake news

Terça, 05 de dezembro de 2017

08:20 - 'Não fiquem com essa bobagem de que não serei candidato', diz Lula em Vitória

Domingo, 03 de dezembro de 2017

12:14 - 'Consultoria de Donald Trump' negocia com candidatos no Brasil

11:23 - Dois municípios de MG e um do TO realizam eleições para prefeito neste domingo

08:16 - Marina Silva anuncia pré-candidatura presidencial em 2018


// leia também

Sábado, 16 de dezembro de 2017

15:00 - Gilmar Mendes prevê dificuldades com fake news nas eleições de 2018

14:00 - Dodge dá parecer contra lei que deu status de ministro a Moreira Franco

13:00 - Uso de recursos por partidos dificultará renovação em 2018

12:01 - PGR reafirma denúncia contra Jucá por propina de R$ 150 mil da Odebrecht

09:50 - Lava Jato faz nova denúncia contra Tacla Duran

09:09 - Contador não sabe se Lula pagou aluguel de partamento

08:36 - Por eleição, Temer reduz período de horário de verão a partir do ano que vem

08:34 - BNDES prorrogará dívidas de Estados no total de R$ 8,2 bi

Sexta, 15 de dezembro de 2017

18:30 - Temer diz que é 'ótimo' que reforma da Previdência fique para fevereiro

17:30 - Juiz negou a Marcelo Odebrecht sigilo no processo de execução de sua pena


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 16/12/2017
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 16/12/2017
Db31817dff5a964ea41a2bcdb9da5255 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Pesquisas de opinião já começam a lançar nomes de possíveis candidatos ao governo




Logo_classifacil









Loja Virtual