Quinta, 20 de abril de 2017, 10h36

Se puder, serei candidato, diz Lula a rádio de Sergipe


Estadao

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quinta-feira, 20, que, ‘se puder‘, vai disputar o Palácio do Planalto pela sexta vez em 2018. Ele disse, porém, que terá de aguardar para a decisão. ‘Vamos esperar o tempo passar, para a gente saber quem é que pode ser candidato, se eu posso ser candidato, se não posso ser candidato‘, afirmou, sem explicar o que poderia impedir sua candidatura.

Lula é réu em cinco ações na Justiça e investigado na Operação Lava Jato. Se condenado e a decisão for confirmada em segunda instância, o petista fica inelegível.

Em entrevista à rádio Fan FM de Sergipe, Lula afirmou que será candidato ‘para ganhar, não para perder‘. ‘Já perdi a cota de eleições que tinha para perder‘, disse, referindo-se às eleições de 1989, 1994 e 1998. ‘Depois, eu aprendi a ganhar‘, afirmou o ex-presidente, eleito em 2002 e reeleito em 2006. ‘Se puder, serei candidato‘, enfatizou o petista.

Lula também foi questionado sobre uma eventual ‘chapa nordestina‘ para as eleições presidenciais ao lado de Ciro Gomes (PDT-CE) ‘É muito difícil dizer isso. Pelo que tenho visto na imprensa, o companheiro Ciro Gomes é candidato a presidente também‘, afirmou. ‘Ainda vai se apresentar muita gente‘, completou.

Sobre as duas pesquisas eleitorais divulgadas nesta semana, do Ibope e do Vox Populi/CUT, que afirmaram que Lula é o presidenciável com maior intenção de votos, o petista preferiu não comentar. ‘É muito cedo para a gente falar de pesquisa, ainda faltam praticamente dois anos para as eleições. Eu não gosto de comentar pesquisa‘, disse. ‘Estou convencido de que, se eu for convidado, tenho condições de ganhar as eleições porque eu sei como cuidar das pessoas mais humildes de regiões diferenciais. Não é teoria não, é prática.‘

Citado nas delações da Odebrecht, o ex-presidente não quis comentar as acusações e afirmou que prefere falar ao juiz Sérgio Moro no próximo dia 3, quando tem um depoimento marcado em Curitiba. ‘O que eu tiver que falar e o que eu penso, vou falar no dia 3. Não tenho que provar minha inocência, eles que vão ter que provar minha culpa‘, disse Lula. ‘Eu duvido que encontrem 50 centavos meus em algum lugar do mundo. Podem continuar investigado.‘

Na entrevista, o petista também fez críticas às reformas trabalhista e da Previdência, propostas pelo governo de Michel Temer (PMDB) e que tramitam no Congresso Nacional. 



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 28 de abril de 2017

07:49 - Número de partidos tem de cair nas eleições de 2018, dizem analistas

Sábado, 22 de abril de 2017

10:19 - PT encolhe 27% e perde 1.120 diretórios municipais

10:07 - Resultado acirra disputas na sigla por suspeitas de fraudes

10:07 - Debate sobre corrupção deve ser adiado no PT

Quinta, 20 de abril de 2017

11:27 - Eventual volta de Lula em 2018 é dor de cabeça para Temer, diz Financial Times

10:39 - Lula é o presidenciável com maior potencial de votos, afirma Ibope

Domingo, 16 de abril de 2017

10:08 - Nomes tradicionais ainda mantêm chances

10:06 - Presidenciáveis ensaiam discurso ético para 2018

Quarta, 29 de março de 2017

08:10 - PT desiste de adiantar anúncio de pré-candidatura de Lula

Terça, 28 de março de 2017

11:14 - Doria determina lei do silêncio sobre 2018


// leia também

Sexta, 28 de abril de 2017

18:22 - Gilmar Mendes manda soltar Eike Batista

17:10 - Renan Calheiros afirma estar 'tranquilo' com nova fase da Lava Jato

16:49 - 'Se o Temer tivesse me ouvido, ele não tinha dado o golpe', diz Lula

15:18 - STF marca para terça-feira julgamento que pode libertar José Dirceu

15:17 - Juízes e policiais federais fazem ato no Rio em apoio à Operação Lava Jato

11:51 - Diagnóstico atual do Planalto é de baixa adesão aos protestos

11:44 - Senado realiza sessão de debates com apenas dois parlamentares

11:42 - Lava Jato aprofunda investigação sobre desvios na Transpetro

11:39 - Governo vê fracasso de greve geral até o momento, diz Serraglio

11:38 - Braço direito de Cabral diz a Moro ter dinheiro em casa 'por questão pessoal'


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 29/04/2017
 

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Sábado, 29/04/2017
6637d166db2af4ee95c6d595829972c2 anteriores




Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O desemprego subiu no Brasil este ano e já atinge 14,2 milhões de pessoas. Na sua opinião, a crise vai demorar a passar?



Logo_classifacil









Loja Virtual