Quarta, 19 de abril de 2017, 15h22

Dilma reage e diz que nunca autorizou caixa dois


A ex-presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quarta-feira, 19, que nunca autorizou caixa dois em suas campanhas. Em nota divulgada por sua assessoria de imprensa, Dilma reagiu às denúncias do publicitário João Santana e sua sócia e mulher Mônica Moura - seus marqueteiros em 2010 e em 2014 - de que receberam recursos não contabilizados das campanhas da petista.

‘Dilma Rousseff nunca autorizou, em suas campanhas, a arrecadação de recursos por meio de caixa dois‘, afirma o texto de sua assessoria. ‘As únicas pessoas autorizadas a captar dinheiro, em conformidade com a legislação eleitoral, foram os tesoureiros regularmente investidos nessas funções nas campanhas de 2010 e 2014.‘

João Santana e Mônica Moura foram ouvidos nesta terça, 18, pelo juiz federal Sérgio Moro, na ação penal em que o casal é réu ao lado do ex-ministro Antonio Palocci e o empreiteiro Marcelo Odebrecht.

Segundo a nota, ‘nas duas eleições, a orientação de Dilma Rousseff sempre foi clara e direta para que fosse respeitada a legislação eleitoral em todos os atos de campanha‘.

‘Ela nunca teve conhecimento de que suas ordens tenham sido desrespeitadas‘, afirma a assessoria de imprensa da petista. ‘Todos que participaram nas instâncias de coordenação das duas campanhas sempre tiveram total ciência dessa determinação.‘

Dilma disse que espera ‘isenção e imparcialidade‘ das investigações da Operação Lava Jato. ‘Que permitam ao final que a Justiça seja feita, em respeito ao Estado Democrático de Direito.‘
 



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 28 de abril de 2017

18:22 - Gilmar Mendes manda soltar Eike Batista

17:10 - Renan Calheiros afirma estar 'tranquilo' com nova fase da Lava Jato

17:03 - Supremo dá prazo para PF investigar Maggi

15:18 - STF marca para terça-feira julgamento que pode libertar José Dirceu

15:17 - Juízes e policiais federais fazem ato no Rio em apoio à Operação Lava Jato

11:42 - Lava Jato aprofunda investigação sobre desvios na Transpetro

11:38 - Braço direito de Cabral diz a Moro ter dinheiro em casa 'por questão pessoal'

Quinta, 27 de abril de 2017

15:29 - Renato Duque pede para ser interrogado de novo por Moro

15:07 - Operação Perfídia mira doleiro que originou Lava Jato

08:40 - Com fim do foro privilegiado, só dois inquéritos da Lava Jato ficariam no STF


// leia também

Sexta, 28 de abril de 2017

16:49 - 'Se o Temer tivesse me ouvido, ele não tinha dado o golpe', diz Lula

11:51 - Diagnóstico atual do Planalto é de baixa adesão aos protestos

11:44 - Senado realiza sessão de debates com apenas dois parlamentares

11:39 - Governo vê fracasso de greve geral até o momento, diz Serraglio

11:37 - Padilha e Moreira não falam; Kassab nega acusações

07:49 - Número de partidos tem de cair nas eleições de 2018, dizem analistas

07:36 - Três ministros serão investigados pela Comissão de Ética da Presidência

Quinta, 27 de abril de 2017

16:47 - Mais de 509 mil pessoas tomaram vacina contra a gripe em São Paulo

15:36 - TSE manda PT, PMDB e mais 5 partidos devolverem mais de R$ 7 milhões ao erário

14:24 - Temer troca 7 vice-líderes do governo na Câmara


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 29/04/2017
 

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Sábado, 29/04/2017
6637d166db2af4ee95c6d595829972c2 anteriores




Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O desemprego subiu no Brasil este ano e já atinge 14,2 milhões de pessoas. Na sua opinião, a crise vai demorar a passar?



Logo_classifacil









Loja Virtual