Lava Jato pede condenação e prisão de mulher de Cunha | Gazeta Digital

Quarta, 19 de abril de 2017, 15h09

POLÍTICA NACIONAL

Lava Jato pede condenação e prisão de mulher de Cunha


R7
Reprodução

Claudia Cruz teve prisão pedida pela força-tarefa da Lava Jato

A força-tarefa da Lava Jato, formada por procuradores da República em Curitiba (PR), pediu nesta quarta-feira (19) ao juiz federal Sérgio Moro a condenação da jornalista Claudia Cruz, mulher do ex-deputado federal Eduardo Cunha.

Claudia é acusada de lavagem de dinheiro e, devido à "gravidade dos crimes" praticados, o "regime inicial de cumprimento da sanção privativa de liberdade aplicada [...] deverá ser inicialmente fechado", sugere o MPF (Ministério Público Federal).

O pedido se fundamenta no esquema de corrupção que Eduardo Cunha comandou ao viabilizar contrato de aquisição de 50% dos direitos de exploração de um campo de petróleo localizado na República do Benin, na África, pela Petrobras.

O negócio rendeu US$ 10 milhões, de acordo com o MPF, sendo ao menos US$ 1,5 milhão a Cunha. Esse dinheiro foi pulverizado em três contas na Suíça, sendo uma delas, a Köpek, no Banco Julius Bär, mantida por Claudia Cruz.

O principal argumento dos procuradores é que Claudia Cruz pagou despesas pessoais com esses recursos.


— Com os valores de origem criminosa recebidos por EDUARDO CUNHA em conta, CLAUDIA CRUZ utilizou-os para compras de valores vultuosos, mediante a aquisição de bens de luxo em lojas de grife nos Estados Unidos e na Europa, além do pagamento de outras despesas pessoais da acusada e de seus familiares.

Entre os locais em que Claudia fez compras estão lojas como Chanel, Christian Dior, Balenciaga, Prada, Louis Vuitton e Hermès localizadas em cidades como Paris, Roma, Lisboa e Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Na petição, os procuradores alegam que "ao pagar substâncias despesas internacionais próprias e de sua família com recursos ocultos que sabia que eram provenientes de crimes, a acusada CLAUDIA CORDEIRO CRUZ deve ser condenada pela prática do crime de lavagem de dinheiro".

Os procuradores querem ainda que Claudia Cruz devolva aos cofres públicos US$ 1.061.650, "bem como os valores envolvidos nos crimes de lavagem, recebidos das contas de EDUARDO CUNHA (TRIUMPH SP: USD 1.050.000,00, NETHERTON: USD 165.000,00) e ORION SP: USD 60.000,00". 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 17 de outubro de 2017

19:07 - Senado derruba afastamento parlamentar de Aécio Neves imposto pelo STF

15:05 - Maia diz que divulgar vídeos de Funaro não afeta relação com Temer

13:30 - Adiar votação sobre afastamento é 'constrangedor', diz Randolfe

12:43 - Fachin entende que inquérito contra Maia não está ligado à Lava Jato

12:16 - CCJ discute parecer pela inadmissibilidade de denúncia contra Temer

12:02 - STF determina que votação sobre afastamento de Aécio será aberta

10:23 - Por Aécio, Senado deve adiar votação de afastamento

08:36 - Votação sobre afastamento de Aécio deve ter 12 ausências

Segunda, 16 de outubro de 2017

22:06 - Aliados de Temer culpam Supremo por divulgação de vídeos

17:18 - Irmãos Batista viram réus por manipulação de mercado financeiro


// leia também

Terça, 17 de outubro de 2017

22:31 - Temer usa redes sociais para mostrar imagem mais acessível

21:17 - Chico Alencar desiste de disputar Presidência e vai se lançar ao Senado

20:56 - Câmara aprova no plenário urgência na votação do PL da Leniência

18:13 - Governistas esvaziam CCJ e só oposição discursa a favor de denúncia contra Temer

14:56 - Temer diz que 'nada atrapalha' a votação de amanhã de segunda denúncia da CCJ

11:44 - Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

11:33 - Indicações de Temer mudam perfil do Cade e provocam críticas

10:56 - MST ocupa prédio do Ministério do Planejamento, em Brasília

09:53 - Ex-presidente Lula forçou nomeação de Costa na Petrobras

Segunda, 16 de outubro de 2017

20:42 - Geddel foi o primeiro a ligar quando minha irmã foi solta, diz Funaro


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 18/10/2017
 
Facebook Instagram
GDEnem

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 18/10/2017
1dfb6b6afb56dc5166ec20b57d7ab534 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Executivo não irá encaminhar um novo projeto de suplementação orçamentária à Câmara.




Logo_classifacil









Loja Virtual