Sexta, 31 de março de 2017, 10h57

Avaliação negativa do governo Temer sobe de 46% para 55%, diz pesquisa CNI/Ibope


Estadao

A avaliação negativa do governo do presidente Michel Temer (PMDB) aumentou para 55% no primeiro trimestre do ano, mostra pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada nesta sexta-feira, 31. No levantamento anterior, divulgado em dezembro de 2016, o porcentual dos que avaliavam o governo como ruim ou péssimo era de 46%.

A avaliação positiva do governo Temer, por sua vez, também registrou queda de 13% para 10% entre dezembro de 2016 e março deste ano. A avaliação regular do governo do peemedebista caiu para 31% em março, ante 35% na última pesquisa. Os que não souberam ou não responderam sobre a avaliação do governo representaram 4% dos entrevistados, ante 6% em dezembro.

A aprovação pessoal do presidente também piorou. Na pesquisa divulgada nesta sexta, 73% dos entrevistados disseram desaprovar a maneira de Temer governar. Em dezembro, esse porcentual era de 64%. Já os brasileiros que aprovam o jeito do presidente de administrar o País caíram de 26% para 20% de dezembro para março. Outros 7% não sabem ou não responderam essa questão.

A confiança da população no presidente também diminuiu. Agora, 17% dos entrevistados disseram confiar em Temer. No final do ano passado, este número era de 23%. Ao mesmo tempo, o porcentual dos que não confiam no presidente aumentou de 72% para 79% entre as duas pesquisas. Os que não sabem ou não responderam essa questão foram 3%.

Comparação com Dilma

A avaliação de que o governo Temer é melhor do que a gestão da presidente cassada Dilma Rousseff registrou queda de 21% para 18%, entre dezembro do ano passado e março deste ano, segundo a pesquisa.

Os que consideram que o governo Temer é pior do que o da petista aumentaram de 34% para 41% entre as duas pesquisas. Para 38% os dois governos são iguais, ante 42% na pesquisa anterior. Outros 3% não sabem ou não responderam.

Também pioraram as expectativas para o restante do governo Temer, segundo a pesquisa. Aqueles que acreditam que a perspectiva é ruim ou péssima aumentaram de 43% para 52% entre dezembro e março, enquanto os que preveem que o governo será ótimo ou bom diminuíram de 18% para 14%. Os que preveem que o governo Temer será regular oscilaram de 32% para 28% dos entrevistados. Outros 6% não souberam ou não responderam.

A pesquisa Ibope/CNI foi realizada de 16 a 19 de março deste ano. O levantamento ouviu 2 mil pessoas em 126 municípios. A margem de erro estimada é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. 



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sábado, 22 de abril de 2017

11:50 - Em entrevista, Temer descarta risco de perder mandato

11:47 - Na TV Espanhola, Temer elogia Moro

Quinta, 20 de abril de 2017

15:32 - Temer faz apelo contra imagem de que Brasil é 'paiseco'

Terça, 18 de abril de 2017

10:49 - Temer diz ter tido nome usado por muita gente para prática de equívocos

Segunda, 17 de abril de 2017

11:08 - Temer segue nas articulações para não atrasar calendário de reformas

Quinta, 13 de abril de 2017

11:23 - Governo cancela quase 85 mil auxílios-doença e economiza R$ 1,6 bilhão

Quarta, 12 de abril de 2017

16:36 - Governo avalia idade mínima de 50 anos para mulher e 55 para homem

Sexta, 07 de abril de 2017

15:59 - Governo propõe salário mínimo de R$ 979 para o ano que vem

08:00 - Atuação de base na Câmara dos Deputados ameaça reformas de Michel Temer

Quarta, 05 de abril de 2017

11:07 - Temer assinará acordo de visto de estudantes da comunidade de língua portuguesa


// leia também

Quarta, 26 de abril de 2017

17:45 - Senado instala CPI da Previdência para investigar rombo e casos de fraude

15:03 - Justiça determina volta de Adriana Ancelmo à prisão

14:00 - Sessão da Câmara discute reforma trabalhista

13:15 - Moro acata pedido da PF e adia depoimento de Lula na Lava Jato

11:36 - Estaria Moro com medo de ser julgado por seus próprios pares?, provoca Requião

11:29 - Moreira ataca PT - nunca se fez tanta estripulia quanto se fez nos últimos anos

11:29 - Gilmar Mendes suspende interrogatório de Aécio na Lava Jato sobre Furnas

10:27 - Justiça do Rio nega pedido da Odebrecht contra retenção de R$ 200 milhões

07:54 - Governo sofre pressão para adiar votação da reforma da Previdência

07:50 - AGU cobra de empresas envolvidas na Lava Jato ressarcimento de R$ 11,3 bilhões


 veja mais
Cuiabá, Quinta, 27/04/2017
 

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Quinta, 27/04/2017
32d16ba8179c555dc6f723de0bbcff0d anteriores




Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Centrais sindicais marcam para a sexta-feira uma greve geral, com paralisação de serviços essenciais em todo o país. Na sua opinião:



Logo_classifacil









Loja Virtual