Cuiabá, Terça-feira 23/10/2018

Fogo Cruzado - A | + A

04.01.2018 | 19h00

Pinheiro é apontado como o 3º pior prefeito de 2017

Facebook Print google plus
João Vieira

Está circulando pelos grupos de WhatsApp uma postagem com nomes de 10 prefeitos apontados como os piores das capitais brasileiras em 2017. Nela, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), é citado na 3ª posição com 27,77%.

A publicação, na verdade, é uma compilação de dados e levantamentos feitos pelo Portal G1 sobre o cumprimento de promessas de campanhas feitas por prefeitos das 26 capitais, governadores e pelo presidente.

Reprodução

No infográfico, publicado originalmente pelo portal de notícias, consta um total de 18 promessas das quais 13 Pinheiro não cumpriu ainda. Somente 4 delas aparecem como cumpridas e 1 consta como cumprida em parte. Com isso, chega-se ao número de 27,77% de promessas cumpridas (5 no total).

Otimista, Emanuel Pinheiro comentou a informação, disse que é tudo uma questão de ótica e avaliou o número como favorável a ele. Argumenta que se já cumpriu 28% em 1 ano de gestão e partindo desse ponto de vista e ritmo de trabalho, terá cumprido mais de 100% até o final do mandato. Veja aqui o infográfico completo.

 

 

 

 

 

Voltar Imprimir

Comentários

Enquete

O país vai voltar a se unir após as eleições?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 23/10/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,30 -2,74%

Algodão R$ 95,99 -1,47%

Boi a Vista R$ 135,00 -0,52%

Soja Disponível R$ 69,00 -0,43%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.