Cuiabá, Sexta-feira 21/09/2018

Aparte - A | + A

23.02.2018 | 00h00

Versão oficial

Facebook Print google plus

Uma coisa já é oficial: Carlos Fávaro, de fato, está viajando pelo interior de Mato Grosso. O trecho percorrido teria como objetivo divulgar o projeto “Internet para todos” que, diga-se de passagem, é do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, cujo titular é ninguém menos que Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD. Vale ressaltar ainda que, segundo a imprensa nacional, Kassab teria listado Mato Grosso como um dos Estados onde quer candidatura majoritária do partido.

Financeiro

A decisão destaca que não haverá um pagamento do acúmulo da verba quando o período de suspensão terminar, ou seja, os membros do Ministério Público Estadual vão mesmo ter que se bancar sozinhos. Os pedidos protocolados até o dia 31 de janeiro vão passar por uma análise, caso a caso, e dependendo da disponibilidade financeira ainda podem ser restituídos. O órgão foi um dos poucos que aceitou a proposta do Executivo de reter 20% dos duodécimos dos quatro primeiros meses deste ano para pagamento da dívida dolarizada.

Sede global

Durante dois dias Colíder vai ser transformar na “sede global” da Central Única das Favelas (Cufa). O coordenador da instituição no município, Anderdon Zanovello, será empossado presidente nacional. São esperadas lideranças da Cufa de destaque no Brasil, como MV Bill, Celso Athayde e Nega Gizza. Esta será a primeira vez que a Central terá um presidente de uma cidade do interior do país. Em Mato Grosso, a atuação da entidade tem sido, principalmente, no apoio ao empreendedorismo em comunidades carentes.

Corte

Promotores e procuradores de Justiça estão com os pagamentos da verba indenizatória destinada à compra de livros, cursos e outras despesas relacionadas à capacitação profissional suspensos por tempo indeterminado. A decisão foi adotada diante da crise financeira enfrentada pelo governo do Estado, que tem repasses do duodécimo de 2016 e 2017 à instituição atrasados.

Emenda

A bancada federal de Mato Grosso destinou mais R$ 56,7 milhões em emendas para o setor da saúde no Estado. O problema é que o dinheiro não tem, de fato, chegado aos cofres dos municípios, que passam por situação difícil. Até agora, nem os R$ 100 milhões - alvo de disputa entre o governo do Estado e a Prefeitura de Cuiabá no ano passado - foram depositados. Todo o montante é fruto de emenda impositiva, ou seja, que tem que ser paga. A questão é quando.

Time

Apesar do acordo firmado na tal feijoada de que Carlos Fávaro (PSD) será, novamente, candidato a vice-governador na chapa de Pedro Taques (PSDB), interlocutores do pessedista sustentam que ele vai se candidatar ao comando do Palácio Paiaguás. A decisão já estaria tomada e a pré-campanha, inclusive, já estaria percorrendo os municípios de Mato Grosso. Um anúncio oficial estaria dependendo apenas do “time” correto.

Experiência

Próximo ao ministro da Agricultura Blairo Maggi (PP), o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, falou com a propriedade de quem já passou por essa experiência que o progressista deve sofrer pressão de aliados políticos para mudar de ideia quanto à desistência de uma candidatura à reeleição. Na avaliação de Mendes, no entanto, é difícil que Maggi recue da decisão de deixar a vida pública.

Duas vagas

Mauro Mendes, que vem sendo cotado para a disputa ao governo do Estado, aliás, deu a entender que a decisão de Blairo Maggi também pode afetar a definição dele próprio quanto a uma candidatura. O ex-prefeito ressaltou, por exemplo, que sem o ministro no páreo, as eleições deste ano passam a ter, de fato, duas vagas ao Senado. Se vai ser um dos que vão tentar uma delas, o ex-prefeito preferiu não antecipar.
 

Voltar Imprimir

Comentários

Enquete

O horário político no rádio e TV foi útil na sua escolha pelos candidatos?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 21/09/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21.800 -0.680

Algodão R$ 120.370 0.530

Boi a Vista R$ 129.500 1.500

Soja Disponível R$ 74.000 -0.670

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.