Cuiabá, Quarta-feira 26/09/2018

Aparte - A | + A

02.07.2018 | 00h00

A luta do Norte

Facebook Print google plus

As pesquisas em jornais antigos mostraram também que a luta de lideranças do Norte de Mato Grosso para garantir uma melhor representação da região na política não é exatamente uma novidade das eleições de 2018. No final da década de 1980, um movimento no mesmo sentido já havia sido liderado pelo então prefeito de Juara, José Geraldo Riva.

Presságio político

Hoje, a mobilização de prefeitos, vereadores, empresários, entre outras lideranças do nortão mato-grossense tem à frente a prefeita de Sinop, Rosana Martinelli (PR), que busca o mesmo que Riva no passado: a eleição de nomes da região, que garantam a defesa das bandeiras locais, quando assumirem seus cargos.
Se essa luta possibilitar que a republicana chegue tão longe quanto chegou Riva - que encerrou a carreira como presidente da Assembleia Legislativa -, a única coisa que se espera é que ela não cometa os mesmo erros que ele.

Mas já?

Nem bem foi inaugurado e o Complexo da Salgadeira, localizado na estrada que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães, já foi alvo das famosas ‘fake news‘. Tem circulado em redes sociais um texto afirmando que, com a reforma no local (liberado para o público neste sábado, 30), o custo para o visitante ficou extraordinariamente maior do que era no passado.

Fake news

De acordo com o texto, só para entrar no local, o turista teria pagar R$ 45 por pessoa, além dos R$ 30 de estacionamento, no caso de carro pequeno, e R$ 50, no caso de carro grande. Ainda segundo a fake news, quem quisesse comer teria que desembolsar mais R$ 250 por uma porção de galinha com arroz suficiente para servir quatro pessoas, sem contar nos R$ 10, se precisasse usar o banheiro.

A verdade

A assessoria do governo do Estado já desmentiu essas informações. Segundo o Executivo, não há cobrança para entrar no local, nem para usar os banheiros. E comer por lá também ficou bem mais em conta do que no passado. Agora as refeições são individuais e um prato de maria isabel custa, na verdade, R$ 15. Para os que gostam de um acompanhamento de refrigerante, mais R$ 4.

Semelhanças

Se no que diz respeito à administração do Estado, o governo de Carlos Bezerra (MDB) foi, em diversos aspectos, muito semelhante ao mandato que vem sendo desenvolvido por Pedro Taques (PSDB) à frente do Palácio Paiaguás; no quesito aparência física, o cacique emedebista estava mais para uma versão antiga do pré-candidato ao governo e ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (DEM), como revela essa fotografia encontrada na edição de 27 de março de 1987 do jornal O Estado de Mato Grosso. O documento está armazenado no Arquivo Público.

Fato estranho...

Ainda sobre a inauguração do Complexo da Salgadeira, chamou a atenção e levantou muitos questionamentos a presença de Júlio Campos (DEM) entre as autoridades. O democrata é, entre seus correligionários, o primeiro que rompeu e o mais ferrenho crítico ao governo Pedro Taques (PSDB). Inclusive, tem evitado até participar de alguns atos políticos que o tucano tem feito em Várzea Grande, seu reduto eleitoral.

...muito estranho

Mais estranho que do que apenas a presença de Júlio Campos no eventos, é o vídeo que circula na internet, gravado durante a inauguração. Nas imagens, Pedro Taques diz que fez campanha para Júlio Campos, em 1983, quando ainda era menino, e o democrata retribui dizendo que, em 2014, também fez campanha para o tucano.
‘E, em 2010, traí meu partido, votando nele para senador‘, completa Júlio.
‘E pode trair de novo‘, rebate o governador, enquanto o democrata faz sinal com a mão de que ‘dessa vez não‘.
 

Voltar Imprimir

Comentários

Enquete

O que você pensa sobre o ataque entre os candidatos nessa reta final?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 26/09/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 22.000 -2.000

Algodão R$ 117.520 1.060

Boi a Vista R$ 131.000 0.000

Soja Disponível R$ 73.000 -0.680

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

Enquete

Qual sua opinião sobre o voto nulo e voto em branco?

Parcial

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.